PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Diretor do Fortaleza critica "sistema" após empate contra o São Paulo: "eles não permitem que você chegue"

Crítica foi motivada pela condução da arbitragem do jogo de ida entre os tricolores pela Copa do Brasil

Brenno Rebouças
23:35 | 14/10/2020
Daniel de Paula Pessoa, diretor de futebol do Fortaleza  (Foto: Arquivo O POVO)
Daniel de Paula Pessoa, diretor de futebol do Fortaleza (Foto: Arquivo O POVO)

A arbitragem de Rodolpho Toski, no jogo de ida da Copa do Brasil entre Fortaleza e São Paulo, no Castelão, desagradou a diretoria do Leão. Ao fim da partida, que terminou empatada em 3 a 3, o diretor de futebol do tricolor cearense, Daniel de Paula Pessoa, fez um desabafo para a imprensa.

“Eu vi o quanto o sistema é difícil, o quanto vai ser complicado você querer fazer alguma coisa diferente. Eles não deixam, não permitem que você chegue. Eles não gostam, não aceitam que a gente possa conquistar alguma coisa, que a gente possa atingir o sucesso, mas tem outro jogo, a batalha não acabou não", disse o dirigente, em áudio encaminhado pela assessoria de imprensa.

Rogério Ceni reclama de atuação do árbitro: "Não soube conduzir o jogo"; veja vídeo

Apesar da insatisfação, Daniel de Paula Pessoa disse ter saído orgulhoso do Castelão “por trabalhar na instituição que ama e ser nordestino”.

No jogo, em campo, o Fortaleza teve o goleiro Felipe Alves e o lateral-esquerdo Carlinhos expulsos. No banco de reservas, o auxiliar técnico do Fortaleza, Charles Hembert, também levou cartão vermelho.

A partida de volta está marcada para o dia 25 de outubro, um domingo, no Morumbi, às 20h30min. Nenhum das equipes tem vantagem, portanto ambas precisam vencer por qualquer placar para avançar. Um novo empate leva decisão para os pênaltis.