PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

"Vai ser o jogo mais difícil", diz Tinga, lateral-direito do Fortaleza, sobre duelo contra o Coritiba

Jogador acredita que a condição do time paranaense fará com que o time do Coxa entre mais empenhados em campo, mas garante que o Tricolor também tem sede por um novo triunfo

Brenno Rebouças
22:31 | 09/10/2020
Tinga deve ser titular diante do Coritiba, neste sábado  (Foto: Bruno Oliveira / Fortaleza )
Tinga deve ser titular diante do Coritiba, neste sábado (Foto: Bruno Oliveira / Fortaleza )

A euforia da vitória contra o líder Atlético-MG é passado para o Fortaleza. O foco do Leão agora é vencer a segunda partida fora de casa e o clube tem a chance de concretizar esse desejo neste sábado, diante do Coritiba, no Couto Pereira. Diferentemente do último adversário, que estava na ponta de cima, o Coxa está na zona de rebaixamento, mas isso não é motivo para relaxamento no elenco tricolor.

"Vai ser o jogo mais difícil. Vai ser mais difícil que esse (contra o Atlético-MG), com certeza. Porque eles vão vir com tanta vontade quanto o Atlético-MG e a gente vai vir com mais vontade ainda, pois precisamos dos três pontos. Não adianta vencer o Galo aqui (em Fortaleza) e perder lá (em Curitiba), são os mesmos três pontos, então a gente vai fazer e tudo pra conseguir um resultado positivo”, pregou o lateral-direito Tinga, em coletiva antes do embarque da delegação para o Paraná.

O defensor, que jogou segunda linha de quatro diante do Atlético-MG, ressaltou que o fato do Coritiba não vencer há três partidas é bastante perigoso, até porque aumenta a necessidade deles em conquistar pontos, por isso é necessário toda atenção. “A gente sabe que vais ser difícil, mas temos totais condições de fazer um grande jogo e trazer os três pontos", disse.

Tinga comentou ainda sobre como fica a cabeça dos atletas com o Tricolor estando em três competições ao mesmo tempo (Série A, Campeonato Cearense e Copa do Brasil). Para o lateral, o segredo é mirar somente o que está logo à frente. “A gente sempre pensa no próximo jogo. Sabemos da dificuldade que é jogar três competição, mas a gente tem sempre que vencer [...] tem que pensar jogo a jogo, pensar primeiro no sábado (jogo contra o Coritiba), fazer uma grande partida e conseguir os três pontos".