PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Ceni exalta espírito competitivo do Fortaleza nos últimos duelos fora de casa

Tricolor do Pici somou cinco pontos dos últimos 12 que disputou fora de casa neste Campeonato Brasileiro

Iara Costa
20:06 | 13/09/2020
Rogério Ceni, treinador do Fortaleza (Foto: Reprodução/Leão TV)
Rogério Ceni, treinador do Fortaleza (Foto: Reprodução/Leão TV)

Diante do Grêmio, o Fortaleza poderia ter somado três pontos após fazer um bom primeiro tempo, mas como sofreu o empate na segunda etapa, acabou por trazer apenas um na bagagem, já que o duelo foi finalizado em 1 a 1. Em coletiva cedida ao final da partida, contudo, o técnico Rogério Ceni exaltou a competitividade do Leão em partidas como visitante. 

"Time competiu como sempre faz com os adversários fora de casa, como fez contra o Corinthians, contra o Flamengo, como venceu o Goiás. Tem dificuldade em jogar dentro de casa, mas fora de casa também dificulta a vida dos outros times", pontuou Ceni já que, nos últimos quatro jogos que fez fora de casa, o Fortaleza conquistou cinco pontos dos doze disputados. 

Com uma boa atuação na primeira etapa, em contraste com a segunda, Ceni ressaltou que o pênalti marcado para o adversário acabou por mexer com a confiança da equipe. "Acho que o pênalti tirou um pouco da nossa confiança, deu mais vivacidade à equipe do Grêmio para procurar o ataque. Fortaleza em determinados momentos controlou bem a posse, não foi uma posse tão significativa do Grêmio".

Leia também: Felipe Alves reclama de arbitragem após empate do Fortaleza contra o Grêmio: "mais do mesmo"

Outro ponto que, para o treinador, influenciou na atuação da equipe na segunda etapa foi o aspecto físico. "Se a gente tivesse dois David's, dois Osvaldo's e dois Romarinho's a gente poderia ter eles sempre descansados e teríamos mais força para chegar. Como eles são um só a gente tem mais dificuldade. Cansa jogar contra times que tem superioridade técnica, tem que voltar, marcar, defender. Cansa também colocar sempre os mesmos jogadores de ataque para jogar, faz com que você não tenha tempo de recuperar os jogadores e eles fazem o melhor que podem", disse.

O Fortaleza volta a campo no próximo sábado, 19, às 19 horas, contra o Internacional, em partida realizada no Castelão.