PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza tem três pendurados para o jogo contra o Sport, na semifinal da Copa do Nordeste

Leão corre o risco de perder o único lateral direito de origem da delegação que viajou para Salvador

Vinícius França
10:23 | 23/07/2020
Rogério Ceni é um dos que já tem dois cartões amarelos  (Foto: FÁBIO LIMA/O POVO)
Rogério Ceni é um dos que já tem dois cartões amarelos (Foto: FÁBIO LIMA/O POVO)

O Fortaleza tem três pendurados para a partida única de quartas de final da Copa do Nordeste, contra o Sport. O meia Mariano Vázquez, o lateral Gabriel Dias e o técnico Rogério Ceni podem não estar presentes nas semifinais caso o Leão passe de fase no torneio regional. O jogo contra o time pernambucano ainda não tem data definida.

Gabriel já ficou de fora da vitória sobre o América-RN, no último duelo da fase de grupos. Ceni ficou com medo de perder o jogador para o mata-mata, já que não tem nenhum outro atleta de origem para fazer a lateral direita, e escolheu improvisar o volante Derley. Lesionado, Tinga não viajou com a delegação.

A ausência de Gabriel Dias, caso ele realmente fique de fora, seria uma das mais sentidas pelo elenco. Apesar de ter bons números na temporada, Mariano Vázquez é incluído em um sistema de atacantes de velocidade, e Rogério Ceni tem vários jogadores para fazer a função. Caso o próprio treinador seja ausência, o auxiliar Charles Hembert comandaria o time no seu lugar, como já fez em outra oportunidade.

Segundo colocado do Grupo A, o Fortaleza caiu na mesma chave que o Ceará. Portanto, caso as equipes avancem, haverá Clássico-Rei na semifinal da Copa do Nordeste, que também é disputada em jogo único. Na final, Vovô e Leão poderão enfrentar um destes quatro times: Confiança, Bahia, Santa Cruz e Botafogo-PB.