PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza e Santos voltam a buscar meio-termo sobre Jean Mota, diz portal

Leão, porém, nega que conversas tenham evoluído desde o fim de semana, quando a negociação esfriou

Vinícius França
13:36 | 08/07/2020
Jean Mota jogou pelo Fortaleza em 2016 antes de se transferir para o Santos  (Foto: Divulgação/Santos)
Jean Mota jogou pelo Fortaleza em 2016 antes de se transferir para o Santos (Foto: Divulgação/Santos)

Depois das negociações entre Fortaleza e Santos pelo retorno de Jean Mota darem uma esfriada, as conversas parecem ter voltado a evoluir nesta semana. Segundo o setorista do Peixe na Gazeta Esportiva, Lucas Musetti, os dois times voltaram a dialogar para buscar um meio termo entre a pedida financeira do time paulista e o quanto o Leão estaria disposto a pagar agora.

O Fortaleza fez uma proposta inicial de R$ 4,5 milhões por 80% dos direitos econômicos do meia. A ideia do Tricolor é ter o atleta em definitivo, seja por meio de compra imediata, seja por empréstimo com opção de compra. De acordo com a Gazeta, o Santos quer receber R$ 1 milhão agora em julho, mas o Leão ofereceu pagar R$ 600 mil neste mês, R$ 400 mil até o fim do ano e depositar os outros R$ 3,5 milhões até o fim de 2021.

Segundo o repórter da Rádio O POVO CBN, Miguel Júnior, um dos principais entraves na negociação foi a vontade do time paulista de querer que o Fortaleza assumisse os débitos que Jean Mota tem com o Peixe. A diretoria tricolor não estaria disposta a fazer isso.

Em contato com Esportes O POVO, o diretor de futebol do Leão, Daniel de Paula Pessoa, evitou comentar muito sobre o assunto. Segundo ele, as conversas seguem “na mesma” desde o fim de semana, quando a negociação esfriou.

Jean Mota se destacou no Fortaleza em 2016, quando foi comprado pelo Santos por R$ 600 mil. O jogador é uma oportunidade de mercado aprovada pelo técnico Rogério Ceni, que deseja contar com o meia em seu plantel. Jean tem 26 anos e contrato com o Santos até junho de 2022, e segue treinando normalmente no CT Rei Pelé.