PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Com Edinho no radar, dirigente do Fortaleza prega cautela sobre Marcinho

Apesar de agradar a diretoria tricolor, o nome do jogador não está no topo das prioridades do Leão no mercado da bola

Lucas Mota
15:33 | 10/06/2020
Marcinho atuou no Fortaleza em 2018 e 2019 (Foto: JULIO CAESAR)
Marcinho atuou no Fortaleza em 2018 e 2019 (Foto: JULIO CAESAR)

O atacante Marcinho, do Dangdai (China), voltou a ter seu nome especulado no Fortaleza com a retomada das atividades do clube cearense e o veto à chegada de estrangeiros no país asiático em meio à pandemia do novo coronavírus, que pode facilitar empréstimos. Entretanto, apesar de agradar a diretoria tricolor, o nome do jogador não está no topo das prioridades do Leão no mercado da bola.

+ Edinho e possível substituto de Michel: Fortaleza trabalha com cautela no mercado da bola

Para o setor de ataque, Edinho é o principal alvo do clube do Pici. Em entrevista para o Futebol do Povo, o diretor de Futebol do Tricolor, Daniel de Paula Pessoa, comentou sobre o interesse em Marcinho, mas destacou que não houve nenhuma investida recente pelo atleta.

"Tem que ver o cenário do mercado, se mais um jogador se enquadra no elenco. Se há o interesse na vinda do Edinho, aí você tem que ver a quantidade de jogadores naquela posição, é preciso ver se realmente na atual situação caberia", explicou Daniel de Paula Pessoa.

No elenco atual, o Fortaleza já tem cinco jogadores com características semelhantes a Marcinho, os chamados velocistas: Osvaldo, Romarinho, David, Madson e Yuri César.

O diretor de Futebol do clube lembra que o Fortaleza abriu conversas para contratar Marcinho no início da temporada, mas a negociação não evoluiu.

"A gente teve conversa no começo do ano com o Marcinho. Foram várias conversas com ele, o empresário dele, principalmente na fase de montagem da equipe, nos meses de janeiro e fevereiro. Mas não houve viabilidade naquele momento. Algumas situações impediram a concretização do negócio."

O jogador foi comprado pela equipe chinesa em 2019 por R$ 4 milhões, mas não emplacou. O atacante teve dificuldades na adaptação ao futebol chinês e disputou apenas dez partidas até a paralisação do esporte, passando em branco em todas.

No futebol cearense, Marcinho vestiu a camisa do Fortaleza nas temporadas de 2018 e 2019. Ele foi peça importante na campanha até o título da Série B 2018, quando jogou 25 partidas e balançou as redes por três vezes. No ano passado, disputou 23 jogos pelo Leão e marcou quatro gols antes de fechar com o Dangdai.

EXTRA - ENTENDA A VOLTA DO FUTEBOL CEARENSE EM 7 PONTOS: OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST

Listen to "#97 - Volta do futebol cearense em 7 pontos" on Spreaker.