PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Atlético-MG define condições para clubes interessados em ter Edinho; Fortaleza seria o único no momento

Empréstimo com parte do salário pago pelo próprio Galo ou compra por um valor em Euros, este são os dois métodos mais cotados pelo time mineiro para negociar Edinho

Brenno Rebouças
18:24 | 10/05/2020
Edinho jogou apenas cinco partidas pelo Galo em 2020 (Foto: Luan Erick /FortalezaEC)
Edinho jogou apenas cinco partidas pelo Galo em 2020 (Foto: Luan Erick /FortalezaEC)

Por decisão de Sampaoli, o atacante Edinho não será aproveitado pelo Atlético-MG em 2020. Ciente que o jogador tem pelo menos uma equipe interessada, no caso, o Fortaleza, o Galo estabeleceu preço para levar o atleta: 1 milhão de euros (quase R$ 6 milhões).

A informação é do repórter Lucas Tanaka, que cobre o Atlético-MG. Outra maneira de levar Edinho seria por empréstimo, mas arcando com, no mínimo, 70% do salário do atacante. Estima-se que Edinho recebe R$ 70 mil no Galo, ou seja, quem levar teria que pagar R$ 49 mil por mês.

No caso do Fortaleza, que detém 10% dos direitos econômicos do jogador, algum outro tipo de negócio poderia ser feito, até mesmo uma troca de jogadores. Vendido em 2018, Edinho rendeu ao Tricolor algo em torno de R$ 1,150 milhão, pelos 50% que o Leão detinha. Parte dessa porcentagem foi devolvida em troca de parcelas não pagas da transação.

Como o Esportes O POVO já havia dito, a diretoria do Fortaleza não pretende abrir negociação pelo jogador agora, pois está focada em cumprir os compromissos assumidos com elenco e demais funcionários durante este momento de pandemia, mas deve tentar repatriar Edinho quando tudo se normalizar.

Nesse primeiro momento, segundo Lucas Tanaka, apenas o Fortaleza demonstra interesse pelo jogador cearense.