PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Juninho cobra "foco e equilíbrio" para o Fortaleza não cair na pilha dos argentinos; veja vídeos

Volante quer que o time fique ligado para que não aconteça o que aconteceu com Quintero, expulso no jogo de ida contra o Independiente

Vinícius França
12:03 | 26/02/2020
Juninho é titular no meio campo do Fortaleza desde a última temporada
Juninho é titular no meio campo do Fortaleza desde a última temporada (Foto: JÚLIO CAESAR/O POVO)

Foco e equilíbrio são as palavras de ordem de Juninho para o confronto contra o Independiente. A partida de volta da Sul-Americana, que será na quinta-feira, 27, às 21h45min, no Castelão, é um “jogo especial” para o volante do Fortaleza, que espera que a equipe coloque em prática tudo o que treinou durante a semana para avançar para a segunda fase da competição continental.

“É um jogo especial, que a gente vem se preparando há muito tempo. A gente tá muito ciente do que tem que fazer, sabemos que estamos com o placar adverso, mas temos que dar um passo de cada vez. Estamos trabalhando bastante e amanhã é colocar tudo em prática”, disse o jogador. No jogo de ida, em Avellaneda, o Leão perdeu por 1 a 0, e precisa da vitória para ter chances de classificação.

Há o detalhe, porém, que o placar do triunfo pode ter um peso diferente no confronto. Se vencer por 1 a 0, por exemplo, o Fortaleza leva a disputa para os pênaltis. Segundo Juninho, este é um cenário para o qual o elenco também procurou se preparar, ainda que não seja o ideal: “A gente sempre treina bastante (as cobranças), sempre trabalha todos os aspectos e a cobrança de pênalti a gente também vem treinando. Mas nosso objetivo é vencer a partida e, se possível, que não vá para os pênaltis”.

Na partida diante do Rojo, o Leão terá o desfalque do zagueiro Quintero, expulso na ida ao agredir o lateral Sanchéz Miño. Para que isso não aconteça de novo, o elenco do Fortaleza deverá ter “equilíbrio, porque jogar contra argentino sempre é muito difícil, tem sempre aquela catimba, aquela provocação. Então, a gente tem tá muito equilibrado, muito concentrado. Se ver que um companheiro tá saindo um pouco do eixo, é trazê-lo de volta e ajudá-lo a se concentrar na partida”, diz Juninho.

No meio-campo, o volante deve atuar ao lado de Felipe, em dupla que já se consagrou no sistema 4-2-4 de Rogério Ceni. Na zaga, o substituto de Quintero é o que mais gera dúvida. A reposição natural seria Jackson, mas talvez o técnico tricolor aposte em Michel ou Bruno Melo para melhorar a saída de bola. Se passar de fase, o Fortaleza embolsa aproximadamente R$ 1,53 milhão em cotas televisivas.

Veja vídeos da entrevista coletiva de Juninho: