PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Veja quais os cenários para o Fortaleza garantir a permanência na 35º rodada

O cenário mais provável é caso o Leão vença o Santos e o Cruzeiro não ganhe do CSA

11:13 | 27/11/2019
Torcida deve comparecer em bom público para jogo contra o Santos
Torcida deve comparecer em bom público para jogo contra o Santos (Foto: JÚLIO CAESAR)

Após empatar com o Internacional no último domingo, 24, o Fortaleza chegou a 43 pontos e conquistou sete pontos de vantagem para o Cruzeiro, equipe que está na 17ª posição e abre a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Restando quatro rodadas para serem disputadas, somente 12 pontos estão em disputa, o que ainda não garante o Tricolor do Pici na Série A com a atual pontuação.

Porém, caso o Leão vença o Santos na próxima rodada e o Cruzeiro não ganhe do CSA, a vaga do Fortaleza na elite do futebol brasileiro 2020 estará garantida. Outro cenário possível é caso o Botafogo perca pra Chapecoense e o Ceará não vença o Flamengo. Assim, os alvinegros poderiam somar, no máximo, 45 e 44 pontos, respectivamente, até a 37ª rodada. Devido ao confronto direto entre Vovô e Fogão, não teria como um deles fazer 46 pontos, pontuação que o Leão alcançará caso vença o Santos.

Tal cenário deixaria a diferença entre Fortaleza e Cruzeiro em no mínimo nove pontos, restando nove a serem disputados nas três rodadas seguintes. Com isso, o Leão chegaria a 13 vitórias, enquanto a Raposa se manteria com apenas sete vitórias no campeonato, não podendo assim alcançar o Tricolor neste critério - o primeiro de desempate - até o fim do certame.

Tanto a equipe cearense como a equipe mineira jogam em casa na 35ª rodada. Se for levado em consideração o aproveitamento como mandante, as chances de vitória do Tricolor são maiores, pois ele é o 10º melhor time do Brasileirão em seus domínios, com 56,9% de aproveitamento, enquanto o Cruzeiro é a quarta pior equipe jogando em casa, com apenas 45,1%.

Porém, se o critério a ser considerado for o dos visitantes, o Zeiro aparentemente levam vantagem, pois o CSA, seu adversário, é o pior clube jogando longe de casa do Brasileirão. Os alagoanos conseguiram um aproveitamento de apenas 11,8% até então e só venceram o Fluminense longe do estádio Rei Pelé. Por outro lado, o Santos, oponente do Leão do Pici, é o segundo melhor visitante do torneio, com 54,9% de aproveitamento.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa nesta terça-feira, 26, o lateral direito do Leão Tinga disse querer “liquidar o mais rápido possível”, confirmando o Tricolor do Pici mais um ano na primeira divisão. “Tem quatro jogos (pela frente), mas a gente vai fazer de tudo pra conseguir esses três pontos já contra o Santos”, projetou.

Contudo, para conseguir os três pontos e ter a chance de confirmar a presença na Série A em 2020, o Fortaleza terá que vencer o Peixe pela primeira vez na história do Brasileirão. Até o momento, são seis vitórias da equipe paulista e sete empates. Em casa, são três empates e quatro derrotas contra o Leão.