PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Camisas piratas doadas pelo torcedor serão transformadas em bandeirão, diz presidente do Fortaleza

Marcelo Paz falou sobre a ação de marketing em entrevista à rádio CBN no domingo, 3

08:56 | 04/11/2019
Camisas populares são vendidas a R$ 59,90
Camisas populares são vendidas a R$ 59,90 (Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC)

As vendas da camisa popular do Fortaleza não param de repercutir. No domingo, 3, o presidente do clube, Marcelo Paz, dedicou boa parte da entrevista que concedeu à Rádio CBN no domingo, 3, para falar sobre a ação. O dirigente revelou qual será o destino das camisas piratas que, no momento da compra, podem ser doadas para que o cliente consiga um desconto de R$ 10.

“A pessoa percebe que vale a pena dar aquela camisa pirata, porque está mostrando que ela só vale R$ 10. A gente pretende, com as camisas doadas, fazer um bandeirão para chamar atenção contra a pirataria”, disse o presidente. Paz não revelou mais detalhes sobre o bandeirão, qual será a mensagem e se ele será produzido em parceria com as torcidas organizadas.

O mandatário tricolor ainda afirmou que mais de 2 mil camisas foram comercializadas no dia do jogo contra o Atlético-MG no sábado, 2. A carga inicial é de 4.500 produtos, que, por enquanto, só serão vendidos por ambulantes credenciados nos arredores da Arena Castelão nos dias em que o Fortaleza entra em campo. Marcelo Paz reiterou que pretende expandir a ação também para o interior do Estado: “No interior, 90% das camisas são piratas, muito pela questão financeira, mas também porque a camisa oficial não chega lá”.

Os torcedores do Leão do Pici só terão nova oportunidade de comprar a camisa popular no domingo, 10, no dia do Clássico-Rei. Antes, a equipe enfrenta o Corinthians na quarta, 6, às 19h30, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Você também pode gostar: