PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza é a segunda equipe do Brasileirão com menos desarmes e interceptações

Apesar disso, a porcentagem de acerto nas interceptações é a segunda melhor do certame

14:53 | 23/10/2019
Volante Felipe é o líder em desarmes e interceptações pelo Fortaleza.
Volante Felipe é o líder em desarmes e interceptações pelo Fortaleza. (Foto: Fabio Lima/O POVO)

Por ter uma equipe com poucos atletas especializados na marcação, o Fortaleza é o segundo time com menos desarmes (370) e interceptações (72) no Campeonato Brasileiro, de acordo com levantamento do Footstats. No primeiro quesito, ele fica na frente apenas do Athletico-PR (317), enquanto no segundo somente o CSA-AL tem menos (70). Apesar do número reduzido de interceptações, elas são feitas de maneira certeira, com aproveitamento de 88,9%, segundo melhor do campeonato, atrás somente do São Paulo (89,7%).

A baixa combatividade se reflete no pouco tempo da equipe com a posse de bola, apenas 46% em média, a terceira pior marca do torneio, juntamente com Vasco-RJ e Ceará.

Os volantes titulares do Leão do Pici, Felipe (54) e Juninho (49), são líderes de desarmes do elenco e somam 103 roubadas de bola (27,83%). Felipe também lidera o número de interceptações do time, com 14.

O Tricolor do Pici enfrenta o Cruzeiro-MG no próximo sábado, 26, às 21 horas, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. A partida é válida pela 28ª rodada do Brasileirão.