PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Retrospecto de Fortaleza e Palmeiras na Capital é parelho; confira confrontos históricos

As duas equipes já chegaram a decidir uma final de Campeonato Brasileiro, nos anos 1960

13:08 | 18/09/2019
Último confronto foi um empate sem gols na Série A de 2006
Último confronto foi um empate sem gols na Série A de 2006 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Fortaleza e Palmeiras já se enfrentaram em algumas ocasiões ao longo de suas histórias centenárias. O confronto tem sua tradição: tricolores e alviverdes já chegaram a decidir uma final nacional nos anos 60. Todos os 12 jogos oficiais valeram pelas diferentes encarnações do Brasileirão. Na capital cearense, o retrospecto é bastante parelho: uma vitória para cada lado e quatro empates.

A primeira vez que Fortaleza e Palmeiras se encontraram foi num duelo histórico. Comandado pelo técnico França, o Leão de Pedrinho, Benedito, Walter Vieira, Moésio Gomes, Charuto e Bececê alcançou a finalíssima da Taça Brasil (como era chamado o Campeonato Brasileiro de então) no ano 1960. Era a segunda edição do campeonato, e o Tricolor era a segunda equipe nordestina a chegar à decisão.

No estádio Presidente Vargas (o Castelão ainda não tinha sido construído), o Palmeiras foi avassalador e abriu 3 a 0 no primeiro tempo, com dois de Romeiro e um de Humberto. Benedito descontou aos 7 minutos do segundo tempo e não conseguiu reverter a desvantagem. Na volta, o Verdão goleou por 8 a 2 e conquistou o primeiro de seus dez títulos brasileiros.

Demoraria 14 anos para o Fortaleza dar o troco. Na 11ª rodada do Grupo B do Campeonato Nacional de 1974, como era chamada a “Série A” da época, os comandados do técnico Urubatão, ex-jogador do Santos de Pelé, venceram por 2 a 1 no novíssimo Estádio Castelão, com gols dos meias Lucinho e Zé Carlos. O lateral Zeca descontou para os visitantes.

Desde então, os times jogaram mais quatro vezes pelo Brasileirão, mas todas terminaram em empate. Nos pontos corridos, o Fortaleza só enfrentou o Palmeiras em 2005 e 2006, em jogos que acabaram em 1 a 1 (gol de Rinaldo para o Leão e Juninho para o Verdão) e 0 a 0, respectivamente. Destaque também para um 3 a 3 em 1984, com gols de Tangerina, Betinho e Evilásio, para os mandantes, e Reinaldo Xavier, Márcio e Baltazar, para os visitantes.

A história de Fortaleza e Palmeiras continua no próximo domingo, 22, às 16 horas, na Arena Castelão. As equipes se enfrentam pela 20ª rodada do Brasileirão.

Você também pode gostar: