PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Sem Osvaldo, Fortaleza volta a treinar no Pici e encerra preparação para enfrentar o Galo

Jogador, que ficou fora dos treinos ao longo da semana, ainda se recupera de lesão na panturrilha.

10:59 | 19/07/2019
Na volta ao Pici, Edinho treinou com o elenco, mas não poderá jogar contra o Atlético-MG, por força de contrato.
Na volta ao Pici, Edinho treinou com o elenco, mas não poderá jogar contra o Atlético-MG, por força de contrato. (Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza EC)

Após um longo período fechado para reformas, o gramado do campo principal do estádio Alcides Santos foi reinaugurado nesta sexta-feira, 18, com a presença do elenco do Fortaleza, que realizou no Pici o treino de apronto para o jogo contra o Atlético-MG. Na atividade, o time não contou mais uma vez com o atacante Osvaldo em campo. O jogador, que se recupera de uma lesão na panturrilha esquerda, ficou ausente de todos os treinos dessa e deve ficar fora da delegação tricolor que embarca para Belo Horizonte no final da tarde desta sexta-feira.

Se o mistério em torno de Osvaldo persiste, a certeza do momento é que o meia Edinho, apesar de estar totalmente recuperado da lesão na coxa, não viaja com o time, já que não poderá atuar contra o Galo por força de contrato, uma vez que o time mineiro é detentor de seus direitos federativos. Outro desfalque na partida é o volante Felipe, que terá que cumprir suspensão pelo 3º cartão amarelo da série.

Por outro lado, o goleiro Felipe Alves, que chegou a ficar ausente dos treinos esta semana, treinou pelo 2° dia seguido e está à disposição do técnico Rogério Ceni. 

Fortaleza e Atlético-MG se enfrentam neste domingo, 21, as 16h, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O jogo é válido pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

RETORNO AO PICI

A princípio, os trabalhos no Pici não serão rotina e o CT Ribamar Bezerra continuará recebendo a maioria dos treinamentos, mas a sede estará à disposição da Comissão Técnica. Em 2019 o Fortaleza ainda não tinha realizado um treinamento completo no Alcides Santos.

Uma das mudanças por lá é que a grama implantada é a mesma do Castelão (bermuda celebration), mas as obras de vestiários e cabines de imprensa, por exemplo, ainda estão em andamento. Nada que impeça o elenco de treinar na sede, no entanto.

PARA OUVIR

Confira o episódio da semana do Futcast:Listen to "FutCast #63 - Ceará e Fortaleza: para que serviu a pausa da Copa América?" on Spreaker.

VEJA MAIS: OS ERROS E ACERTOS DE CEARÁ E FORTALEZA NA VOLTA AO BRASILEIRÃO | NA PRANCHETA #62

Bruno Balacó