PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Com expulsões nos últimos três jogos, Ceni volta a ficar na bronca com arbitragem

Treinador ficou na bronca com um lance que poderia causar a expulsão do jogador mineiro

11:43 | 13/06/2019
Ceni disse que não está havendo critérios na utilização do árbitro de vídeo
Ceni disse que não está havendo critérios na utilização do árbitro de vídeo (Foto: Fabio Lima/Fabio Lima)

A vitória de ontem contra o Cruzeiro por 2 a 1, pela Série A do Campeonato Brasileiro, foi a terceira partida consecutiva em que o Fortaleza terminou o jogo com apenas dez jogadores em campo por motivo de expulsão.

Nos dois últimos jogos, o Tricolor perdeu Carlinhos e Osvaldo nas derrotas por 1 a 0 para o Athletico-PR e Grêmio, respectivamente. Vale dizer que nessas duas partidas, o time comandado por Ceni só tomou gol quando as expulsões aconteceram.

Já no triunfo de ontem, o time soube suportar a pressão e confirmar o bom resultado após Nathan Ribeiro tomar o segundo amarelo e ser expulso aos 20 minutos da etapa final.

Durante coletiva, Ceni voltou a comentar a situação após o lance em que Dodô (do Cruzeiro) subiu com pé alto e atingiu André Luís e tomou apenas amarelo ainda no primeiro tempo. Para o técnico Tricolor, a arbitragem tem utilizado o sistema de dois pesos e duas medidas

"Tem um investimento muito grande para colocar o aparelho (VAR) aqui. Pra um árbitro ter convição ele tem que ir olhar no vídeo. Eu acho que para equipes como o Fortaleza, o VAR não está sendo justo. Para mim, o lance era claro de cartão vermelho. Está havendo diferentes critérios para utilização do equipamento. Eu não falo de ser beneficiado e sim ter um critério justo", afirmou Ceni.

Com o resultado, o Fortaleza chegou aos 10 pontos, passou o próprio Cruzeiro e saiu da zona de rebaixamento, saltando para o 14º lugar. Agora, Rogério Ceni terá um bom tempo para recuperar os jogadores e preparar a equipe para a continuação do Brasileiro, já que, por causa da parada da Copa América, o Leão do Pici só volta aos gramados no dia 14 de julho, quando enfrenta o Avaí.

VEJA MAIS | OUÇA O EPISÓDIO ESPECIAL DE UM ANO DO FUTCAST:

Listen to "#57 - Especial de um ano: os melhores momentos do podcast" on Spreaker.