PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Jogadores do Fortaleza reconhecem que tiveram oportunidades de gol, mas ressaltam comportamento do time

21:53 | 16/05/2019
Júnior Santos falou com a imprensa após o jogo
Júnior Santos falou com a imprensa após o jogo (Foto: Mateus Dantas/O Povo.)

O empate sem gols entre Fortaleza e Athletico-PR no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, realizado no Castelão, na noite desta quinta-feira, 16, não foi tão lamentado pelos jogadores do Tricolor. Apesar de afirmarem que o Leão teve as melhores chances na segunda etapa, os atletas preferiram ressaltar o comportamento do grupo em campo.

O atacante Júnior Santos, que entrou no segundo tempo, demonstrou confiança em conquistar um bom resultado na Arena da Baixada, no jogo de volta. "Poderia ter sido melhor, as duas equipes tiveram oportunidades, mas fizemos um bom jogo e agora é fazer o placar lá para conseguir a classificação”. Um novo empate em Curitiba leva a decisão para os pênaltis.

“Foi uma grande partida, merecíamos pelo menos um gol. Tivemos mais oportunidades, mas tem mais 45 minutos lá e vamos tentar buscar o resultado”, disse o zagueiro Juan Quintero. Opinião semelhante a do meia Marlon: “fizemos bom jogo, neutralizamos as principais jogadas do Athletico-PR e conseguimos criar, mas não concluir. Agora é descansar porque domingo tem uma partida importante”.

O zagueiro Paulo André, do Furacão, criticou a qualidade do jogo, mas celebrou o resultado. “Foi feio para quem assistiu, morno. Aqui é difícil pelo calor, a intensidade é sempre baixa, infelizmente não conseguimos jogar bem, mas um empate para decidir em casa parece bom", disse.

Brenno Rebouças