PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza vai protocolar queixa na CBF contra árbitro do jogo contra o Botafogo

Clube pedirá que o árbitro Wagner Reway, que pertence ao quadro da FIFA, não apite mais os jogos do time no Brasileirão.

09:54 | 06/05/2019
Reway é árbitro FIFA e apitou o jogo entre Botafogo x Fortaleza, no Engenhão.
Reway é árbitro FIFA e apitou o jogo entre Botafogo x Fortaleza, no Engenhão. (Foto: Pameiras/Divulgação)

O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, confirmou ao Esportes O POVO nesta segunda-feira, 6, que o clube vai protocolar queixa na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra a arbitragem do jogo contra o Botafogo, em que o Tricolor foi derrotado por 1 a 0, neste domingo, 5, pela 3ª rodada da Série A 2019.

A bronca é porque o árbitro paraibano Wagner Reway, que pertence ao quadro da FIFA, não marcou pênalti, em lance do primeiro tempo, mesmo olhando as imagens no monitor do VAR (árbitro de vídeo). Na jogada, o zagueiro Gilson derruba com um empurrão o atacante Wellington Paulista dentro da área, fora do lance. Wagner Reway não viu a cena na hora, mas viu as imagens no monitor do VAR, mantendo sua decisão de não assinalar o pênalti.  

Após o jogo, o técnico Rogério Ceni e Marcelo Paz destacaram que o resultado foi contaminado pelo erro da arbitragem. "O árbitro não teve a personalidade para marcar o pênalti, porque era na casa do adversário aí nós saímos hoje derrotados de campo", declarou Ceni.

Nesta segunda-feira, o clube garante que tomará todas as providências que o caso requer. "Vamos protocolar queixa na CBF. E pedir que ele (Wagner Reway) não apite mais nossos jogos", disse Paz ao Esportes O POVO.

O Fortaleza volta a campo na próxima quinta-feira, 9, para enfrentar o Santa Cruz pela semifinal da Copa do Nordeste. O jogo acontece na Arena Castelão, as 21h30min. 

Bruno Balacó