PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
FORTALEZA

Contratações, time mais rápido e expectativa pra 2019: Rogério Ceni avalia início de ano

O treinador do Fortaleza falou sobre o que espera da temporada que se inicia e avaliou o elenco atual como "mais veloz" que o do ano passado.

20:48 | 12/01/2019
Rogério Ceni vai para seu segundo ano no comando do Tricolor. Foto: Júlio Caesar/O POVO.
Antes da estreia oficial na temporada, contra o Náutico, na próxima terça-feira, 15, o Fortaleza realizou jogo-treino no CT Ribamar Bezerra. A atividade foi fechada à imprensa, mas o Tricolor venceu por 7 a 0. Júnior Santos (2x), Madson (2x), Ederson, Pedro Júnior e Bruno Mota foram os autores dos gols. Após o trabalho realizado em campo, o técnico Rogério Ceni concedeu entrevista coletiva e abordou diversos assuntos.

Dentre eles, Rogério falou sobre a contratação do volante uruguaio Santiago Romero.

"Santiago Romero estamos olhando, acho que está próximo, vejo como um bom jogador, segundo volante de chegada. Como todo uruguaio, de muita dedicação física, sempre com vontade de vencer. É o que a gente precisa. Talvez não tenhamos tanto dinheiro como as contratações do Flamengo, mas a montagem desse time está sendo feita pensando mais na Série A do Campeonato Brasileiro que em outra competição".

Além disso, o comandante leonino falou sobre montagem de elenco, nível das contratações, jogo contra o Náutico, estrutura e expectativa para Copa do Nordeste e Campeonato Cearense. Veja:

MONTAGEM DO ELENCO
"A montagem tá sendo tão difícil quanto ano passado, ou até mais. Os reforços pra Série A são mais difíceis. Tivemos a saída de alguns jogadores, e o mercado está um pouco caro. Mas dentro do que a gente tinha de contratações, em alguns setores, temos uma expectativa boa na frente (ataque). Matheus Alessandro, Edinho, Júnior Santos, Pedro Júnior, Éderson... Estamos com dificuldade é na montagem da zaga, só temos dois zagueiros."

CARÊNCIA NA ZAGA
"O mercado tá muito caro nesse momento, e os jogadores que mais pretendíamos, especialmente pra zaga, infelizmente não conseguimos realizar as negociações. Não vamos estourar o orçamento do clube de maneira nenhuma, pra que não haja atrasos de salários. Não cessamos a procura. Ano passado trabalhamos com 4 zagueiros praticamente o ano inteiro, esse ano só temos 2, Derley tá treinando pra uma eventual necessidade, e continuamos à procura."

NÍVEL DAS CONTRATAÇÕES
"Todos os que estão aqui são jogadores que foram aprovados pelo Leandro e Rafael, pessoal da análise de desempenho. É uma aprovação sempre em conjunto. Ou eles indicam e eu avalio, ou eu indico e eles avaliam. São jogadores de bom nível."

ESCALAÇÃO CONTRA O NÁUTICO
"Os jogadores que aqui ficaram têm uma ideia de jogo fixa do ano passado então seria mais fácil em tese jogar com eles, mas vamos dar oportunidade pra parte física nesse momento. Vamos escolher os jogadores com melhores condições físicas. Vamos ver a condição de cada um, e através disso é que vamos escalar o time pro jogo contra o Náutico. Pra essa partida vamos avaliar mais a condição física que a parte técnica."

COMPARAÇÃO AO TIME DO ANO PASSADO
"Esse é um time talvez mais rápido e veloz que ano passado. Não temos a referência de área, hoje é um outro tipo de jogo, e estamos nos ajustando para montar um time com base na principal competição, que é o Campeonato Brasileiro."

JOGO TREINO FECHADO
"Fechei porque é a única coisa que tenho de vantagem pro Náutico. Temos que enfrentar essa primeira partida só com 11 dias, 17 treinamentos Náutico vem se preparando há mais tempo."

CAMPEONATO CEARENSE E COPA DO NORDESTE
"Nosso objetivo é classificar nas duas competições. Tem uma rivalidade muito grande no Campeonato Cearense, ainda mais com Fortaleza e Ceará na Série A. Tem o charme do campeonato local. A Copa do Nordeste é mais longa e se torna mais perigosa, adentra o Campeonato Brasileiro...Mas nosso objetivo é passar pra semifinal do Campeonato Cearense e às quartas de final da Copa do Nordeste. Esse é nosso objetivo até o mês de março."

ESTRUTURA
"Nós temos algumas dificuldades grandes, precisamos de melhorias urgentes ainda pra ser um time de Série A, que está sendo tentado, e às vezes não é nem o dinheiro, mas estamos tentando melhorar em todos os quesitos, trazer gente qualificada pra trabalhar em todos os setores, mas encontramos dificuldades. Temos que reconhecer que o Fortaleza ficou muito tempo sem recursos financeiros pra investir em estrutura, e isso não é feito do dia pra noite. Mas vamos lutar com todas as armas que a gente tem pra chegar na Série A do Campeonato Brasileiro com evoluções. Tentamos investir em estrutura pra atrair bons jogadores."

O QUE PESOU PARA RENOVAR
"Vários fatores. A maneira como a cidade acolheu...pra ser sincero, eu gosto muito dos dias de jogos aqui. Da festa que o torcedor faz, e isso pesa muito quando se quer se sentir vivo no futebol. Um time que põe mais de 50 mil pessoas nos últimos jogos do Brasileiro. Esse peso do grito da torcida faz a diferença, e achei que tinha algo a entregar."

VEJA MAIS: FUTCAST #32 - CONFIRA O AUDIOGUIA DA COPA DO NORDESTE 2019

ANDRé ALMEIDA

Recomendadas para você

Comentários