PUBLICIDADE
Esportes

Luís Eduardo Girão pedirá licença do cargo de presidente do Fortaleza, informa colunista

11:36 | 31/10/2017
NULL
NULL
[FOTO1] O jornalista Alan Neto informa edição do jornal O POVO desta terça-feira, 31, que o presidente do Fortaleza, Luís Eduardo Girão, sairá de licença do cargo por 90 dias, com a premissa de prorrogação por mais três meses logo após o fim do período. Como noticiou O POVO no último dia 25, o dirigente já havia comunicado a conselheiros e funcionários que iria deixar o comando do clube, deixando o cargo para Marcelo Paz, vice-presidente e diretor de futebol do Tricolor.
 
 
"Com linha de seda para presidente Luís Eduardo Girão entrar de licença, tarefa coube ao presidente do CD Tricolor, Demétrius Coelho. Hipótes de afastamento como Girão queria feria frontalmente estatutos, logo descartadas. Nesse momento, principal fiador do acesso Tricolor, pegaria mal pra sua imagem. Foi aí que Demétrius sugeriu a licença por 90 dias (três meses), que Girão aceitou de bom grado. Porém um adendo. Qual? Que pudesse prorrogar por mais 90 logo terminasse a atual. Estatutos permitem. Voltar à presidência, embora muito difícil, contudo seis meses, um tempo longo demais pra mudar de ideia e ficar."

Resposta do Fortaleza
Em nota, o Fortaleza esclareceu que o Luís Eduardo Girão segue em pleno exercício do cargo. Veja abaixo:
 
"O Fortaleza Esporte Clube esclarece que presidente Luiz Eduardo Girão segue à frente do clube, em pleno exercício do cargo.
 
Qualquer outra informação trata-se de especulação, sem embasamento real. O foco da diretoria está na competição da Copa Fares Lopes, tendo todos os seus integrantes ciência de suas responsabilidades para com o time".
TAGS