PUBLICIDADE
Esportes

Fortaleza busca placar de sua última vitória fora de casa na Série C, há três meses

Para reverter derrota em casa e ser campeão, Fortaleza precisa fazer 2 gols de diferença

18:55 | 17/10/2017
NULL
NULL
[FOTO1] O Fortaleza tem uma difícil missão a cumprir em Maceió: vencer a qualquer custo o CSA, marcando pelo menos dois gols. É esse o cenário que o Leão do Pici precisa para levantar o título de campeão da Série C do Brasileiro de 2017. A missão promete ser difícil, pois o clube alagoano possui a melhor campanha como mandante na competição jogando em seus domínios. Em casa, o time alagoano soma sete vitórias, três empates e uma derrota. O Tricolor não vence fora de casa por esse placar há três meses, desde o dia 21 de julho quando jogou contra o Botafogo-PB pela 11ª rodada da primeira fase.

O jogo decisivo da final da Série C acontece neste sábado, 21, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL às 18 horas (horário cearense). O Fortaleza inicia a partida contra o CSA precisando de um placar de 2 a 0 para conseguir o título. Em caso de vitória por 2 a 1 - repetindo o placar da primeira partida, desta vez em favor do Tricolor - o campeão será decidido nos pênaltis. Resultados por um gol de diferença com três gols pró Fortaleza em diante, dá o título ao Tricolor do Pici.

Apesar do bom retrospecto jogando no estádio Rei Pelé, na última partida em casa, o Azulão foi derrotado pelo São Bento-SP. O CSA só garantiu a vaga na final da Terceirona nas disputas de pênalti. O time de Maceió também possui um histórico positivo em jogos contra o Tricolor Cearense. Em 15 jogos foram sete vitórias alagoanas, seis empates e duas vitórias cearenses.

Os torcedores tricolores esperam uma reação do time, que desde que Antônio Carlos Zago assumiu não vence fora da Capital. Foram derrotas contra Confiança (2x0) e Tupi (1x0), além do empate contra o Sampaio Corrêa (2x2) pelas semifinais da Série C. Na ultima vez que o Fortaleza venceu fora de casa por 2 a 0, foi contra o Botafogo-PB, o autor dos gols da vitória foi Bruno Melo. O jogador é titular e deve jogar no sábado, 21. Quem também deve retornar ao time é o centroavante Lúcio Flávio, a duvida é o meio-campista Everton, que saiu lesionado do jogo de volta da semifinal.
TAGS