PUBLICIDADE
Esportes

Fortaleza empata com o ASA fora de casa e mantém segundo lugar na Série C

Com o resultado, o Tricolor chegou aos 22 pontos na classificação e se manteve na 2ª colocação do Grupo A

21:57 | 05/08/2017
Jogadores de ASA e Fortaleza disputam a bola
Jogadores de ASA e Fortaleza disputam a bola

[FOTO1] 

Um gol de pênalti marcado por Lúcio Flávio no segundo tempo garantiu um empate fora de casa do Fortaleza na Série C do Campeonato Brasileiro. Diante do ASA, em Arapiraca, o time ficou no 1 a 1 e assim chegou aos 22 pontos, garantindo a segunda colocação do Grupo A.

O primeiro tempo foi dominado pelo ASA. Em que pese o time ter limitações técnicas e basear seu jogo na bola aérea, a equipe criou muito mais do que o Fortaleza. Além do gol marcado por Jhulliam, de cabeça, a equipe obrigou o goleiro Marcelo Boeck a fazer duas ótimas defesas em finalizações do atacante Leandro Kivel. Já o Tricolor não teve qualquer criatividade. Lúcio Flávio e Paulo Sérgio, os homens de frente, não foram acionados. A única oportunidade real da equipe de Paulo Bonamigo foi quase um gol contra em chute do lateral direito Everton, do ASA, mas o goleiro Carlão salvou.

Apesar do futebol ruim, o Fortaleza voltou sem mudanças para o segundo tempo. Paulo Sérgio, em cobrança de falta, acertou a travessão e dava mostras que o Tricolor ao menos chegaria com mais perigo ao ataque. Mais ofensivo e errando menos passes, o time conseguiu empatar. Ligger sofreu pênalti de Carlão aos 13 minutos. Lucio Flávio bateu com categoria, arqueiro de um lado bola do outro, e deixou tudo igual no marcador. Foi o 13º gol do atacante na temporada.

Com a igualdade o Fortaleza ganhou tranquilidade e parou de sofrer defensivamente. O cenário, entretanto, não foi suficiente para a equipe virar o marcador, até porque os jogadores com obrigações ofensivas viveram uma noite infeliz. Nas duas principais oportunidades para virar o marcador, Paulo Sérgio, em ótima condição e sem marcação, desperdiçou ambas.

No próximo domingo, 13, o Fortaleza recebe o Cuiabá, no Castelão.

TAGS