PUBLICIDADE
Esportes

Fortaleza está há um mês sem vencer na Série C

11:35 | 18/07/2017
Bonamigo, cabisbaixo, segurando uma bola no treino do Fortaleza.
Bonamigo, cabisbaixo, segurando uma bola no treino do Fortaleza.
[FOTO1] Dia 18 de junho de 2017. Esta é a data da última vitória do Fortaleza na Série C do Campeonato Brasileiro. Os três pontos vieram com a boa atuação de Lúcio Flávio que fez dois gols diante do Sampaio Correia, no Estádio Presidente Vargas. De lá pra cá, o tricolor perdeu duas e empatou outras duas.
 
Mesmo com os resultados ruins, a equipe ainda continua no G4, mas vê o CSA se isolar na 1ª colocação e os outros clubes se aproximando da zona de acesso para a elite do futebol nacional, o que pode amecaçar a classificação do Leão para a fase de mata-mata.  
 
Os quatro jogos sem vitória instauraram a má fase no Pici e trouxeram consigo a desconfiança e a intranquilidade no Tricolor. O trabalho de Paulo Bonamigo é muito criticado e, mais do que nunca, sua permanência no comando do clube é incerta, mesmo que a diretoria banque sua continuidade.
 
Após o empate na última partida contra o Remo no PV, por 1x1, cerca de dez torcedores, revoltados com os recentes resultados do clube, invadiram o vestiário e agrediram os zagueiros Adalberto e Edimar, o volante Wellington Reis e o atacante Jô.
 
A ação dos torcedores resultou em um pronunciamento oficial da diretoria que, por meio de seu presidente Luis Eduardo Girão, teceu discurso sobre a forma exagerada de cobrança de alguns torcedores, qualificou o momento como o mais difícil da véspera do centenário e apelou para o amor da torcida, citando o hino e a história do Fortaleza.
 
Nesta terça-feira, 18, o Tricolor transferiu seu treino para a Arena Castelão, algo que pode ser visto como um primeiro passo para a mudança de sede dos jogos do Leão. A próxima partida do clube na Série C dentro de casa é contra o Salgueiro, ainda marcado para o PV.
TAGS