Fluminense vê psicológico como obstáculo em semana decisivaFutebol | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Fluminense vê psicológico como obstáculo em semana decisiva

O Fluminense completou sete jogos consecutivos sem vencer e sem marcar gols na derrota para o Internacional por 2 a 0, no domingo, no Rio Grande do Sul. Com isso, vai para a última rodada, no próximo domingo, às 17h (de Brasília), precisando de pelo menos um empate contra o América-MG para escapar do rebaixamento. [?]

11:30 | 26/11/2018

O Fluminense completou sete jogos consecutivos sem vencer e sem marcar gols na derrota para o Internacional por 2 a 0, no domingo, no Rio Grande do Sul. Com isso, vai para a última rodada, no próximo domingo, às 17h (de Brasília), precisando de pelo menos um empate contra o América-MG para escapar do rebaixamento. Antes disso, porém, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o Tricolor mede forças com o Atlético-PR pela rodada de volta das semifinais da Copa Sul-Americana. Os dois confrontos acontecerão no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

O fator psicológico será o maior problema para este elenco, que está convivendo com dois meses de salários na carteira em atraso e cinco de direitos de imagem. Os jogadores estão revoltados e a torcida pressiona com cobranças e ameaças.

O técnico Marcelo Oliveira tem procurado blindar o elenco, porém a tarefa está sendo ingrata. ?No meu entender este grupo vem se esforçando ao máximo para conseguir ganhar os jogos, mas o resultado não está aparecendo. Infelizmente vamos ter que deixar tudo para o último jogo, que não era o nosso objetivo. Evito falar dos problemas que temos, pois cairia como desculpa depois de uma derrota. Não podemos cobrar dos jogadores um esforço ainda maior do que eles estão dando. São jogadores que doam muito em campo?, avaliou.

O elenco do Fluminense volta a treinar nesta terça-feira, quando Marcelo vai definir o time para o duelo contra o Furacão. Como perdeu por 2 a 0 no Paraná, o Tricolor precisa devolver este placar para forçar a disputa de pênaltis ou ganhar por três ou mais gols de diferença se quiser avançar de maneira direta, já que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate.

O Fluminense nunca conquistou um título sul-americano oficial como a Libertadores, Copa Conmebol, Copa Mercosul ou Copa Sul-Americana, por exemplo. Portanto, o jogo contra o Furacão tem um peso grande para a história do clube. Após o treino desta terça-feira começa o período de concentração.

Gazeta Esportiva