Fluminense tenta controlar ansiedade para não sofrer no BrasileiroFutebol | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Fluminense tenta controlar ansiedade para não sofrer no Brasileiro

Com 41 pontos conquistados, o Fluminense perdeu boa oportunidade de praticamente afastar o risco de rebaixamento na noite de domingo, ao empatar sem gols com o Sport no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Ao fim da partida, torcedores vaiaram a equipe e gritaram palavras de ordem contra a administração do presidente Pedro Abad. Ter [?]

09:45 | 12/11/2018

Com 41 pontos conquistados, o Fluminense perdeu boa oportunidade de praticamente afastar o risco de rebaixamento na noite de domingo, ao empatar sem gols com o Sport no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Ao fim da partida, torcedores vaiaram a equipe e gritaram palavras de ordem contra a administração do presidente Pedro Abad. Ter uma situação confortável no Campeonato Brasileiro e condição considerada fundamental para que o plantel tenha tranquilidade de olho no confronto de volta das semifinais da Copa Sul-Americana contra o Atlético-PR.

O Tricolor só recebe o Furacão no Maracanã no dia 28 de novembro. Até lá tem quatro jogos para conquistar pelo menos cinco pontos e afastar qualquer risco de cair. O primeiro será na quarta-feira, às 21h45(de Brasília), diante do líder Palmeiras no Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP), pela 34ª rodada.

?Nós queríamos muito o resultado positivo contra o Sport e não deixamos de lutar um só minuto, pois sabíamos que este jogo era importante para nos afastar desta confusão na parte de baixo da tabela. O importante agora é pensarmos na sequência?, disse o zagueiro Digão.

Para o jogo contra o Palmeiras é possível que o técnico Marcelo Oliveira volte a utilizar o esquema com três zagueiros, que vinha sendo o preferido nos jogos decisivos e foi deixado de lado contra o Sport.

?Vamos trabalhar no sentido de colocar uma equipe que possa se impor fora de casa, mesmo sendo um jogo muito complicado?, disse Oliveira.

Além do Palmeiras, o Tricolor antes do jogo com o Furacão recebe o Ceará no Maracanã, vai ao Nordeste medir forças com o Bahia e ao Rio Grande do Sul desafiar o Internacional, que briga pelo título. A despedida do Brasileirão será em casa contra o América-MG.

Nesta segunda-feira os jogadores participaram de um trabalho regenerativo e voltam aos treinos nesta terça-feira pela manhã, quando Oliveira vai definir a escalação que pega o Palmeiras. Em seguida, a delegação embarca para a capital a paulista.

Gazeta Esportiva

TAGS