PUBLICIDADE
Esportes

Fluminense será escalado com time misto no domingo

Ainda sentindo o golpe da derrota de 1 a 0 para o Avaí em Santa Catarina, o Fluminense vai ser obrigado a voltar a campo neste domingo, às 16h00 (horário de Brasília), quando enfrenta a Cabofriense no Estádio Eucyr Resende, em Saquarema (RJ), em confronto válido pela última rodada da Taça Rio, segundo turno do [?]

14:00 | 16/03/2018

Ainda sentindo o golpe da derrota de 1 a 0 para o Avaí em Santa Catarina, o Fluminense vai ser obrigado a voltar a campo neste domingo, às 16h00 (horário de Brasília), quando enfrenta a Cabofriense no Estádio Eucyr Resende, em Saquarema (RJ), em confronto válido pela última rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Líder do Grupo C com 13 pontos, três a mais do que Portuguesa e Botafogo, que dividem a segunda posição, o Tricolor só ficará de fora das semifinais em caso de uma tragédia. Justamente por conta disso, o técnico Abel Braga vai preservar parte de seus titulares.

Com dez gols positivos de saldo, contra três da Portuguesa e dois do Botafogo, o Fluminense só será eliminado se os concorrentes ganharem, respectivamente, de Flamengo e de Vasco. Além disso, o Tricoor teria que ser goleado pela Cabofriense, pelo menos, por 8 a 0.

?Vamos com uma equipe diferente no domingo, pois precisamos dar ritmo a outros jogadores. Entram sempre os mesmos?, disse Abel.

Como o treino desta sexta-feira foi regenerativo, somente no sábado, na única atividade de preparação para a partida, Abel vai definir a formação que vai a campo. Porém, alguns nomes que terão oportunidade serão o lateral-direito Léo, o zagueiro Frazan, o lateral Matheus Alessandro, os meias Dudu e Luquinhas e o atacante Robinho. Após o treino deste sábado a delegação viaja para a Região dos Lagos.

Fora de campo a diretoria vai se reunir nos próximos dias com Abel Braga para tentar encontrar uma solução para a contratação de reforços. A eliminação precoce na Copa do Brasil deixou os dirigentes preocupados em relação ao risco de um eventual rebaixamento no Campeonato Brasileiro, que tem um nível de exigência muito mais alto. O grande impasse passa pela falta de dinheiro para investir.

A situação judicial envolvendo o meia Gustavo Scarpa também é analisada, pois, caso busque um acordo, o Palmeiras poderá oferecer jogadores em uma eventual troca, algo que seria bem visto neste momento nas Laranjeiras.

Gazeta Esportiva

TAGS