PUBLICIDADE
Esportes

Derrota deixa nítida falta de variações táticas no Fluminense

O Fluminense vinha de uma boa sequência na temporada, com quatro vitórias e nenhum gol sofrido. Porém, os 2 a 1 sofridos para o Avaí na noite de quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), veio em péssima hora, na rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Mais do [?]

14:00 | 02/03/2018

O Fluminense vinha de uma boa sequência na temporada, com quatro vitórias e nenhum gol sofrido. Porém, os 2 a 1 sofridos para o Avaí na noite de quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), veio em péssima hora, na rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Mais do que o resultado ruim, a atuação dos cariocas deixou visível a falta de variações táticas, um problema que pode atrapalhar os planos do Tricolor na temporada. O técnico Abel Braga vinha muito satisfeito com o 3-5-2 adotado nos triunfos e que deixou os laterais em boas condições de atacarem. Um diferencial até então.

No 3-5-2, além de Gilberto e Marlon terem liberadade para atacarem, o meio-de-campo ficava congestionado, bloqueando as ações do rival. Diante de um Avaí disposto a levar a decisão para a partida de volta, em Santa Catarina, o excesso de homens no meio não atrapalhou e os laterais foram bloqueados.

No segundo tempo, Abel tentou mudar colocando Robinho na vaga de Ibañez. A medida até surtiu efeito, mas a saída do equatoriano Junior Sornoza terminou com qualquer respiro de criatividade do Tricolor.

O desafio agora é encontrar fórmulas que possam surpreender os rivais, mas sem desespero.

?Nós ganhamos de quatro a zero do Flamengo e a euforia não existiu, pois sabemos que no futebol os resultados ditam o ritmo e mudam muitas vezes a forma de pensar. Não vamos mudar nada. Temos que enxergar méritos também no adversário?, disse Abel.

O duelo de volta contra o Avaí será em 15 de março, no Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC), e para se classificar o Fluminense vai precisar ganhar por dois ou mais gols de vantagem. Como o gol qualificado não vale mais na competição, o Tricolor pode também vencer por um gol de diferença e forçar a disputa de pênaltis.

Mas antes disso o time volta a campo neste domingo, às 17h (de Brasília), para receber o Volta Redonda no Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ), pela terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Como o treino desta sexta-feira foi regenerativo, a escalação será definida somente no treino previsto para a manhã deste sábado. Com seis pontos o Fluminense é um dos líderes do Grupo C.

Gazeta Esportiva

TAGS