PUBLICIDADE
Esportes

Carpegiani lamenta desatenção do Flamengo no gol do Fluminense

O técnico Paulo César Carpegiani elogiou o empenho demonstrado pelo Flamengo no empate por 1 a 1 com o Fluminense, resultado que eliminou a sua equipe da Taça Rio. No entanto, também lamentou ter sofrido um gol de bola parada quando via os seus atletas melhores na partida desta quinta-feira, no Engenhão. ?Tínhamos o jogo [?]

23:45 | 22/03/2018

O técnico Paulo César Carpegiani elogiou o empenho demonstrado pelo Flamengo no empate por 1 a 1 com o Fluminense, resultado que eliminou a sua equipe da Taça Rio. No entanto, também lamentou ter sofrido um gol de bola parada quando via os seus atletas melhores na partida desta quinta-feira, no Engenhão.

?Tínhamos o jogo sob controle e levamos um gol de bola parada que só sai por desatenção. O Gum cabeceou sozinho. Erro nosso?, apontou Carpegiani, também lastimando as oportunidades de gol desperdiçadas. ?Ficaria preocupado se não tivéssemos criado, mas foram muitas chances.?

Crítico, Carpegiani também assumiu a sua parcela de culpa na eliminação. Segundo ele, o fato de ter escalado uma equipe reserva diante do Macaé foi um equívoco. ?Aí, o Flu jogou com o regulamento debaixo do braço, praticando o antijogo. Lamento por isso?, disse.

Gazeta Esportiva

TAGS
Carpegiani lamenta desatenção do Flamengo no gol do FluminenseFutebol | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Carpegiani lamenta desatenção do Flamengo no gol do Fluminense

O técnico Paulo César Carpegiani elogiou o empenho demonstrado pelo Flamengo no empate por 1 a 1 com o Fluminense, resultado que eliminou a sua equipe da Taça Rio. No entanto, também lamentou ter sofrido um gol de bola parada quando via os seus atletas melhores na partida desta quinta-feira, no Engenhão. ?Tínhamos o jogo [?]

23:45 | 22/03/2018

O técnico Paulo César Carpegiani elogiou o empenho demonstrado pelo Flamengo no empate por 1 a 1 com o Fluminense, resultado que eliminou a sua equipe da Taça Rio. No entanto, também lamentou ter sofrido um gol de bola parada quando via os seus atletas melhores na partida desta quinta-feira, no Engenhão.

?Tínhamos o jogo sob controle e levamos um gol de bola parada que só sai por desatenção. O Gum cabeceou sozinho. Erro nosso?, apontou Carpegiani, também lastimando as oportunidades de gol desperdiçadas. ?Ficaria preocupado se não tivéssemos criado, mas foram muitas chances.?

Crítico, Carpegiani também assumiu a sua parcela de culpa na eliminação. Segundo ele, o fato de ter escalado uma equipe reserva diante do Macaé foi um equívoco. ?Aí, o Flu jogou com o regulamento debaixo do braço, praticando o antijogo. Lamento por isso?, disse.

Gazeta Esportiva

TAGS