PUBLICIDADE
Esportes

Avaí surpreende o Fluminense no jogo de ida da Copa do Brasil

O Fluminense foi derrotado pelo Avaí, de virada, por 2 a 1, em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogo foi realizado na noite desta quinta-feira, no estádio Nilton Santos. O jogo da volta vai acontecer no dia 15, na Ressacada, em Florianópolis e o time catarinense dependerá apenas de um [?]

21:30 | 01/03/2018

O Fluminense foi derrotado pelo Avaí, de virada, por 2 a 1, em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogo foi realizado na noite desta quinta-feira, no estádio Nilton Santos. O jogo da volta vai acontecer no dia 15, na Ressacada, em Florianópolis e o time catarinense dependerá apenas de um empate para alcançar a classificação. Ibañez abriu o marcador para o Fluminense. Moritz e Romulo anotaram para o Avai.

O resultado fez justiça ao desempenho do Avaí que nunca perdeu a organização mesmo nos momentos em que o Fluminense era melhor em campo. O time dirigido por Abel Braga começou bem,mas acabou se desorientando ao sofrer o gol do empate e não teve tranquilidade para conseguir um resultado postivo.

O jogo ? O Fluminense começou a partida bem organizado, tocando bola com objetividade. Aos cinco minutos, o Avaí deu sinal de vida, em cobrança de falta de João Paulo que obrigou Julio Cesar a uma boa defesa, espalmando para escanteio.

Aos 11 minutos, o Fluminense marcou o primeiro gol. Sornoza bateu falta, Gum escorou, de cabeça, e Ibañez se aproveitou da saída errada de Aranha para cabecear para as redes.

O Avaí não se abalou e quase chegou ao empate aos 12 minutos em conclusão de Moritz.

O jogo seguiu equilibrado.O Fluminense buscava o segundo gol, mas encontrava um adversário bem postado e que buscava o empate com coragem,

Aos 21 minutos, Renato Chaves apareceu no ataque e cruzou rasteiro. Aranha saiu bem para defender. Logo depois, Marcos Junior recebeu ótimo lançamento de Richard e tentou encobrir Aranha que fez grande defesa. Aos 25, Aranha voltou a sair errado e Renato Chaves quase ampliou, mas a cabeçada foi para fora.

O Avaí apareceu no ataque aos 35 minutos. . Judson chutou de fora da área e Júlio César pegou bem. Logo depois, Aranha apareceu bem em conclusões de Pedro e de Marcos Junior.

O time catarinense seguiu tentando o empate e , aos 41 minutos, João Paulo mandou a bomba e Júlio César espalmou para escanteio.

Aos 43 minutos, o Avaí empatou após jogada confusa na área tricolor. Moritz apareceu livre e bateu para marcar.

Logo no início do segundo tempo, o técnico Claudinei Oliveira foi obrigado a queimar uma substituição com a lesão sofrida pelo atacante Getúlio. E o Fluminense foi o primeiro a ameaçar com um chute forte de Ibañez que Aranha defendeu com segurança.

O Tricolor das Laranjeiras seguiu pressionando e quase marcou o segundo aos sete minutos em cabeçada de Renato Chaves. O Avaí apenas se defendia e quase não chegava na área carioca.

Aos 17 minutos, o time catarinense criou uma grande oportunidade. Os jogadores trocaram passes na entrada da área e Guga foi lançado na direita e cruzou na pequena área. Maurinho chegou atrasado e Gilberto desviou para escanteio.

Logo depois, O técnico Abel Braga trocou o zagueiro Ibañez pelo meia Robinho, desfazendo a formação com três zagueiros e colocando mais um jogador ofensivo na equipe.

Aos 24 minutos, Robinho foi lançado na área, se livrou da marcação e errou ao tentar colocar, quando Marcos e Junior e Pedro esperavam o passe. Logo depois, Robinho mandou a bomba e Aranha espalmou,.

Aos 30 minutos, o Fluminense errou na saída de bola e Romulo acabou sendo lançado na área para desviar de Júlio César e marcar o segundo gol.

Em desvantagem, o Tricolor das Laranjeiras perdeu a tranquilidade e não conseguiu mais criar jogadas de perigo para irritação da torcida.

Aos 41 minutos, Romulo arriscou da entrada da área e Júlio César espalmou para escanteio. O Fluminense quase chegou ao empate aos 43 minutos em chute de Marlon Freitas que desviou na zaga e quase encobriu Aranha, mas o goleiro conseguiu espalmar para escanteio. Nos minutos finais, o Flu atacou de forma desesperada e o goleiro Aranha apareceu muito bem, frustrando as tentativas tricolores.

O Avai quase marcou o terceiro e Gum, em cima da linha, salvou o gol em chute de Guga após bonita troca de passes.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE-RJ 1X 2 AVAÍ-SC

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 1 de março de 2018 (Quinta-feira)

Horário: 19h15(de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Cartão Amarelo: Richard, Marcos Junior, Renato Chaves(Flu); Moritz(Avaí)

Gols:

FLUMINENSE: Ibañez aos11 minutos do primeiro tempo

AVAÍ: Moritz, aos 43 minutos do primeiro tempo e Romulo aos 30 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Júlio César, Renato Chaves, Gum e Ibañez(Robinho); Gilberto, Richard(Matheus Alessandro), Jadson, Sornorza(Marlon Freitas) e Marlon; Marcos Júnor e Pedro

Técnico: Abel Braga

AVAÍ: Aranha, Guga, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Luan e Moritz(Marquinhos); Romulo, Getúlio(Maurinho) e Luanzinho(Martinucio)

Técnico: Claudinei Oliveira

Gazeta Esportiva

TAGS