Para manter embalo, Fluminense recebe o Avaí na Copa do BrasilFutebol | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Para manter embalo, Fluminense recebe o Avaí na Copa do Brasil

Vindo de quatro vitórias consecutivas na temporada e sem sofrer gols, o Fluminense recebe o Avaí nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O Tricolor está empolgado pela boa campanha recente e pela goleada de 4 a [?]

22:45 | 28/02/2018

Vindo de quatro vitórias consecutivas na temporada e sem sofrer gols, o Fluminense recebe o Avaí nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O Tricolor está empolgado pela boa campanha recente e pela goleada de 4 a 0 sobre os reservas do Flamengo no fim de semana. Pelo torneio nacional, na etapa anterior, outro placar elástico: 5 a 0 sobre o Salgueiro-PE. Já os catarinenses, que despacharam o Juventude com um triunfo por 2 a 0 no Rio Grande do Sul, aparecem na terceira posição em seu Estadual.

Abel Braga, treinador do Fluminense, conversou com os jogadores sobre a importância de um bom resultado no duelo de ida, já que a partir desta fase a Copa do Brasil apresenta jogo de volta, porém, sem mais valer o gol qualificado como visitante.

?A Copa do Brasil é uma competição importante, pois leva para a Copa Libertadores, além de ser um título nacional que os torcedores gostam bastante. Uma das nossas competições mais importantes. Ganhar do Avaí não é fácil, pois senão o adversário não teria chegado até aqui no torneio. O momento é de trabalhar no sentido de conseguir um bom resultado no primeiro jogo?, avaliou o atacante Marcos Júnior.

Mesmo com o gol fora de casa não valendo, o Fluminense acha importante se manter sem sofrer gols. Isso porque, o sistema defensivo sólido vai permitir um equilíbrio maior na busca pelos gols.

?O Abel vem conseguindo fazer a gente assimilar muito bem o que ele pretende dentro de campo e tenho certeza de que ainda vamos crescer muito mais na temporada. O trabalho tem sido muito grande e todos querem dar o melhor dentro de campo. Estamos confiantes em mantermos o bom rendimento na sequência e para isso estamos lutando diariamente e aproveitando cada minuto para crescem os mais?, pontuou o volante Jadson.

Mas não é só o Fluminense que está animado. O discurso no Avaí, dirigido pelo técnico Claudinei Oliveira, é o de surpreender.

?Nós podemos obter um grande resultado, pois o Campeonato Catarinense também é forte e estamos também vindo de duas vitórias fora de casa na Copa do Brasil (na primeira fase o time eliminou o Ceilândia ganhando por 3 a 2 em Brasília). Portanto, estou confiante e sei que o grupo todo sabe que pode vencer, mesmo a gente respeitando a qualidade e a grandeza do Fluminense. Serão dois jogos muito complicados e creio que equilibrados?, analisou o zagueiro Alemão, um dos líderes do elenco do Avaí.

Em termos de escalação, Abel Braga vai repetir o time que goleou o Flamengo. O treinador vem evitando mexer para que o entrosamento se torne o ponto forte do Tricolor nesta temporada.

Pelo lado do Avaí, Claudinei também vai manter a base que vem jogando. O experiente meia Marquinhos deve começar no banco de reservas. Uma das principais atrações é o atacante Luanzinho, que esta semana foi convocado para a Seleção Brasileira sub-20.

O duelo de volta entre Avaí e Fluminense está programado para o dia 15 de março, no Estádio Ressacada, em Florianópolis. Após esta etapa acontece a fase oitavas de final, que já conta com os times envolvidos na Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X AVAÍ

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 01 de março de 2018, quinta-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

FLUMINENSE: Júlio César, Renato Chaves, Gum e Ibañez; Gilberto, Richard, Jadson, Junior Sornorza e Marlon; Marcos Júnor e Pedro

Técnico: Abel Braga

AVAÍ: Kozlisnki, Guga, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Luan e André Moritz; Romulo, Getúlio e Luanzinho

Técnico: Claudinei Oliveira

Gazeta Esportiva

TAGS