PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Imbróglio com o Flu atrapalha, e Corinthians vê Scarpa longe

Gustavo Scarpa não se reapresentou ao Fluminense nesta quarta-feira

19:30 | 03/01/2018

O meia Gustavo Scarpa não se reapresentou com o restante do elenco do Fluminense, nesta quarta-feira, e tem situação indefinida para a temporada, mas nada disso o coloca mais próximo do Corinthians. De olho na possibilidade de ter o armador, o Timão vê com dificuldade o negócio pelo alto custo do atleta e pela relação cada vez mais conturbada entre ele e o Tricolor das Laranjeiras.

?É um setor muito difícil de encontrar, atletas de meio-campo, atletas com competência, qualidade. Não posso hoje dizer que ele seria o nome, é um atleta do Fluminense, é uma questão dele se ele se reapresentou ou não?, disse o gerente de futebol do clube, Alessandro, admitindo que, caso houvesse a possibilidade, gostaria de contar com o canhoto no elenco.

?Não posso ignorar, também, a vontade de tê-lo. Hoje é um atleta do Fluminense, o que posso dizer é que é um excelente atleta e que é óbvio que gostaria de ter comigo. Chegamos a conversar já, mas não seguimos?, assegurou o dirigente, bastante reticente com a possibilidade de executar o negócio.

Internamente, o Timão avalia a atitude como uma ?forçação? de barra do jogador na busca por uma transferência, provavelmente sob orientação dos seus empresários. Receoso com a possibilidade de prejudicar sua relação com os cariocas, o clube do Parque São Jorge não quer ser relacionado à atitude do jogador.

Aos 23 anos, Scarpa é visto como a principal peça do Flu no mercado de transferências, abrindo a possibilidade de os cariocas obterem alguns jogadores em troca da sua saída. Atualmente, no entanto, alguns corintianos têm relutado da possibilidade de ir para o Rio de Janeiro, dificultando um abatimento no preço do jogador.

A ideia dos alvinegros é que o montante não ultrapasse os R$ 10 milhões, além da cessão de até três jogadores. Quanto mais valorizados forem os envolvidos na transação, mais viabilidade tem o Alvinegro de selar o negócio financeiramente, principalmente em uma fase de equação das dívidas.

?Na hora de você convencer o atleta a sair é difícil, sair do Corinthians, com toda essa estrutura que a gente tem, para ele se desgarrar, é difícil?, observou o profissional alvinegro, que espera deixar o elenco pronto para Carille até o início da temporada, no dia 17 de janeiro, na estreia do Paulista.

Gazeta Esportiva

TAGS