PUBLICIDADE
Esportes

Dourado vê equilíbrio no clássico, mas pede imposição ao Fluminense

Alimentando o sonho de terminar a temporada de 2017 com um título, o Fluminense entra em campo na próxima quarta-feira para um decisivo clássico diante do Flamengo, válido pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Apesar de as duas partidas serem realizadas no Maracanã, o duelo contará com o critério do [?]

15:30 | 24/10/2017

Alimentando o sonho de terminar a temporada de 2017 com um título, o Fluminense entra em campo na próxima quarta-feira para um decisivo clássico diante do Flamengo, válido pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Apesar de as duas partidas serem realizadas no Maracanã, o duelo contará com o critério do gol fora de casa para decidir quem avança em caso de empate, com o Flu sendo o mandante do primeiro embate. Sabendo disso, o atacante Henrique Dourado quer que o Tricolor se imponha diante do rival.

?Todos os clássicos Fla-Flu desse ano foram jogos muito difíceis, jogos abertos. Se tratando de uma competição mata-mata, requer um cuidado diferente, é um jogo de 180 minutos, temos que entender cada momento da partida para não sair prejudicados. Temos que tentar surpreender a equipe do Flamengo, sabemos que do lado de lá também tem respeito e nós temos que nos impor, sabendo que ainda tem o jogo da semana que vem?, avaliou o atacante.

Apesar de projetar a postura coletiva, Henrique Dourado também falou sobre sua grande fase individual na temporada e a pretensão de ser o artilheiro da Copa Sul-Americana. Atualmente, o atacante tem quatro gols na competição, apenas um atrás dos líderes Cifuentes, da Universidad de Quito, e Luís Rodríguez, do Atlético Tucumán, que tem cinco, mas já foram eliminados da competição.

?Alcançar minha marca pessoal e me tornar artilheiro é um dos meus objetivos sim, mas se nós conseguirmos a classificação, vou ficar extremamente feliz. Antes do meu objetivo pessoal, tem o objetivo do grupo, a mentalidade é essa, mas se a vitória vier com gols meus para ajudar a equipe, será melhor ainda?, avaliou.

O atacante tricolor encerrou falando sobre a ausência de Paolo Guerrero no comando do ataque do Flamengo. Apesar do importante desfalque do rival, Dourado pediu atenção com Lucas Paquetá, que deve ser o substituto na posição.

?Pelo que vi do último jogo do Flamengo e em outros jogos que o Guerrero não está em campo, se torna um time com mais mobilidade. Paquetá não é centroavante, mas sabe abrir bem os espaços e sair bem da área. Estamos atentos para não sermos surpreendidos?, analisou.

O clássico Fla-Flu desta quarta-feira, no Maracanã, está marcado para as 21h45(de Brasília). O jogo de volta, com mando do Flamengo, acontecerá no mesmo dia da semana e horário.

Gazeta Esportiva

TAGS