PUBLICIDADE
Esportes

Classificado na Sul-Americana, Fluminense estuda deixar Brasileirão em segundo plano

Apesar da derrota por 2 a 1 para a LDU, em Quito, o Fluminense se classificou para as quartas de final da Copa Sul-Americana, já que venceu no Rio de Janeiro por 1 a 0 e levou a melhor graças ao gol qualificado como visitante. O choro do presidente Pedro Abad no vestiário, a reação [?]

12:30 | 22/09/2017

Apesar da derrota por 2 a 1 para a LDU, em Quito, o Fluminense se classificou para as quartas de final da Copa Sul-Americana, já que venceu no Rio de Janeiro por 1 a 0 e levou a melhor graças ao gol qualificado como visitante. O choro do presidente Pedro Abad no vestiário, a reação dos atletas após o apito final e a emoção do técnico Abel Braga tornaram o duelo um dos mais especiais. Isso porque os equatorianos estavam ?engasgados? após terem vencido as finais da Copa Libertadores de 2008 e da própria Sul-Americana de 2009.

Diante de todo esse clima e da possibilidade de conquistar um título relevante em 2017, o Fluminense planeja priorizar a Copa Sul-Americana nesta reta final de temporada. O Tricolor, que vai fazer dois clássicos contra o Flamengo nas quartas de final, pode enfim conquistar um título internacional.

O assunto está sendo discutido pela diretoria e pela comissão técnica desde o apito final do jogo no Equador. No Campeonato Brasileiro, o Tricolor está com 31 pontos, na 11ª colocação. A distância para o G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, é de seis pontos. Porém, existe a possibilidade de o G6 virar G9, dependendo dos campeões da Copa do Brasil, da Copa Libertadores e da própria Sul-Americana.

No Tricolor, o fator que mais gera indecisão em deixar o Brasileirão em segundo plano é a distância para a zona de rebaixamento, de apenas quatro pontos.

Como a Sul-Americana só volta a ser disputada em outubro, Abel Braga vai ter tempo para pensar no que fazer. Mas, por conta do desgaste, pode preservar alguns titulares no duelo de domingo, às 16h (de Brasília), diante do Palmeiras, no Maracanã, pela 25ª rodada do campeonato nacional.

?O Fluminense sabe que precisa de um resultado positivo em casa e por isso mesmo temos que nos impor diante do Palmeiras. Não podemos começar a perder pontos no Rio de Janeiro, pois se nos aproximarmos da parte de baixo a situação pode se complicar?, disse o goleiro Júlio César.

A delegação do Fluminense retornou ao Rio de Janeiro somente nesta sexta-feira, com presença da torcida e muita festa. Os jogadores brasileiros sendo liberados em seguida. Neste sábado, um treino define a escalação e depois começa o período de concentração.

Gazeta Esportiva

TAGS