PUBLICIDADE
Esportes

Flamengo empata com Resende em estreias de Gabigol e Arrascaeta

O Flamengo encontrou muitas dificuldades nesta segunda rodada da Taça Guanabara, e apenas empatou em 1 a 1 com o Resende. A partida, válida pelo primeiro turno do Carioca, foi realizada no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Os dois gols do jogo saíram no primeiro tempo. O Resende saiu na frente numa cabeçada [?]

20:45 | 23/01/2019

O Flamengo encontrou muitas dificuldades nesta segunda rodada da Taça Guanabara, e apenas empatou em 1 a 1 com o Resende. A partida, válida pelo primeiro turno do Carioca, foi realizada no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Os dois gols do jogo saíram no primeiro tempo. O Resende saiu na frente numa cabeçada de Joseph, e o Flamengo empatou num golaço de Henrique Dourado, de bicicleta.

O resultado deixou o Rubro-Negro com 4 pontos no grupo C, enquanto o Resende somou seu primeiro ponto na competição.

O próximo compromisso do Flamengo será neste sábado, contra o Botafogo, pela terceira rodada do Carioca, no Nilton Santos. O Resende, por sua vez, recebe a Cabofriense, no domingo.

O Jogo ? Atuando com uma equipe inteiramente diferente da utilizada na estreia contra o Bangu, no último domingo, o Flamengo estreou Gabigol e Arrascaeta em Volta Redonda. Com uma equipe que jamais jogou junta, o Rubro-Negro mostrou, como era esperado, um grupo desentrosado e com dificuldades de resistir a uma equipe mais arrumada e bem treinada.

O time do Sul-Fluminense se fechou atrás da linha da bola, em busca dos contra-ataques, enquanto o Fla tentava manter a posse de bola. E foi o Resende foi o primeiro a tentar o gol, aos 6 minutos. Maxwell domina na esquerda do ataque, próximo ao bico da área, e arrisca de longe. A bola foi no meio do gol e César encaixou com segurança.

Aos 12, a equipe do interior quase abriu o placar, mais uma vez com Maxwell. O atacante foi lançado na esquerda e, livre de marcação, partiu em direção à área. Na saída de César, Maxwell tentou por cobertura, mas errou o alvo e mandou pela linha de fundo.

O Resende era mais presente no ataque, e aos 18, na cobrança de um escanteio pela direita, abriu o placar. Bola levantada na área, a defesa ficou olhando e Joseph subiu sem marcação para cabecear no canto de César.

A resposta do Rubro-Negro não demorou. Arrascaeta enfiou na área para Trauco pela esquerda, o lateral cruzou pelo alto do outro lado e Henrique Dourado acertou uma bela bicicleta para marcar um golaço: 1 a 1.

Apesar do empate, o Resende continuou melhor no jogo, e foi quem produziu as melhores chances da primeira etapa. Aos 33, após boa jogada pela direita, Vitinho recebe na entrada da área pelo meio e tenta bater colocado no canto direito, mas César fez boa defesa.

O Resende quase voltou à frente do placar aos 47. Bola cruzada da direita no segundo pau e Maxwell entrou cabeceando forte, mas passou rente à trave e foi pela linha de fundo.

O segundo tempo começou com o Resende levando perigo mais uma vez. Joseph tentou de cabeça na cobrança de escanteio mas a bola vai para fora. Mas após apenas seis minutos, parte dos refletores do Raulino de Oliveira se apagou e a partida ficou interrompida por quase 15 minutos.

No recomeço do jogo, o Resende seguiu tentanto chutes de longe e bolas cruzadas na área, e Abel resolveu mudar. Aos 29, o atacante Vitinho entrou no lugar do volante Jean Lucas.

Na sequência, as duas melhores chances da segunda etapa. A primeira foi do Resende com Zambi, que recebeu na altura da marca do pênalti e bateu forte para o gol, aos 32. César fez grande defesa e salvou o Fla, que respondeu aos 38. Vitinho recebeu em profundidade na direita, se livrou da marcação e levantou na medida para Dourado dentro da área. O Ceifador errou o alvo e perdeu boa oportunidade de virar o jogo.

Com destaque para Vitinho, o Flamengo acordou no final da partida e ensaiou uma pressão em busca da virada. Aos 53, o atacante tocou para Cuéllar arriscar de fora da área, mas Ranule defendeu.

Três minutos depois, em nova bola cruzada na área, Léo Duarte e Gabigol se esticaram mas não conseguiram alcançar.

Aos 61, Vitinho vê o goleiro adiantado e tenta de longe, mas a bola não entra. No minuto seguinte, o mesmo Vitinho sofre falta na entrada da área e cobra com categoria. A bola passou muito perto e a torcida chegou a se levantar.

ZERO A ZERO EM MOÇA BONITA ? Na abertura da rodada desta quarta do Carioca, Portuguesa e Madureira ficaram no zero a zero em Moça Bonita.

Derrotados na primeira rodada por Americano e Flamengo, respectivamente, o empate não foi um bom resultado para duas equipes, que estão na lanterna do grupo B da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual.

O Madureira tentará sua primeira vitória na competição no próximo sábado, diante do Volta Redonda, no Raulino de Oliveira. Já a Portuguesa encara o Fluminense no domingo, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

RESENDE 1 X 1 FLAMENGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Data: 23 de janeiro de 2019, quarta-feira

Hora: 19h15 (de Brasília)

Renda: R$ 320.440,00

Público: 12.572 (14.341 presentes)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá

Assistentes: Jackson Massara dos Santos e Carlos Henrique de Souza

Cartões amarelos: Jeanderson, Vitinho (Resende); Jean Lucas (Fla)

Gols:

RESENDE: Joseph, aos 18min do 1º tempo

FLAMENGO: Henrique Dourado, aos 22mindo 1º tempo

RESENDE: Ranule; Filipi Sousa, Rhayne, Lucão e Jeanderson; Joseph (Sabão), Vitinho, Léo Silva e Arthur Faria (Dieguinho); Maxwell e Zambi (Jackson)

Técnico: Edson Souza

FLAMENGO: Cesar, Rodinei, Léo Duarte, Matheus Dantas (Cuéllar) e Trauco; Piris da Motta, Hugo Moura, Jean Lucas (Vitinho) e Arrascaeta (Thiago Santos); Gabigol e Henrique Dourado

Técnico: Abel Braga

Gazeta Esportiva

TAGS