PUBLICIDADE
Esportes

Flamengo tenta a contratação do zagueiro Dória

A diretoria do Flamengo segue no mercado em busca de reforços e o nome da vez é o zagueiro Dória, que foi revelado nas categorias de base do Botafogo e que atualmente tem os direitos federativos ligados ao Olympique de Marselha. O clube francês não pretende contar com o jogador para esta temporada e vê [?]

09:00 | 02/07/2018

A diretoria do Flamengo segue no mercado em busca de reforços e o nome da vez é o zagueiro Dória, que foi revelado nas categorias de base do Botafogo e que atualmente tem os direitos federativos ligados ao Olympique de Marselha. O clube francês não pretende contar com o jogador para esta temporada e vê um empréstimo com bons olhos, o que abriu a possibilidade de uma negociação por parte dos dirigentes flamenguistas.

Contratado em 2014 junto ao Botafogo, Dória só fez 33 partidas pelo Olympique de Marselha, anotando dois gols. Chegou a ser testado na lateral em 2017, mas nunca conseguiu se firmar. Tanto, que neste período passou por outros empréstimos, como para o São Paulo e para o Granada da Espanha.

Aos 23 anos, Dória pode resolver um problema no Flamengo, que vem tendo a sua dupla de zaga titular composta por Thuler e Léo Duarte, ambos revelados nas categorias de base, por conta do excesso de lesões dos mais experientes do grupo, como Réver, Juan e Rhodolfo.

O Flamengo segue aproveitando o receesso do Campeonato Brasileiro por conta da Copa do Mundo para treinar, sob o comando do técnico Maurício Barbieri, finalmente efetivado na função. O próximo desafio será o duelo contra o São Paulo, no dia 18 de julho, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada.

Ederson

O contrato do meia Ederson com o Flamengo se encerrou no sábado. O jogador, que havia sido liberado para defender outro clube, agradeceu os momentos vividos na Gávea. Após um período complicado, ao descobrir um tumor no testículo, se submeter a um tratamento de quimioterapia e duas delicadas cirurgias, ter superado e vencido essa batalha e voltado a desempenhar a sua profissão, Ederson tomou uma importante decisão: apesar das sondagens que recebeu de grandes clubes, resolveu dar um tempo para se tratar e eliminar, de uma vez por todas, as dores diárias que ainda sente no joelho esquerdo, fruto de uma lesão sofrida ainda em 2016, na partida diante do Corinthians pelo Brasileirão.

?Primeiramente, gostaria de agradecer ao Flamengo, aos meus companheiros, à diretoria, a todos os funcionários do clube e à nossa imensa nação rubro-negra, por todo respeito e apoio, principalmente no momento mais difícil da minha vida. Com o fim do meu vínculo, tomei uma importante decisão para minha carreira: decidi parar para analisar e fazer um tratamento cabível, adequado e de maneira definitiva para meu joelho. Nos últimos quase dois anos, tive que treinar e jogar com muitas dores. Agradeço muito aos clubes que demonstraram interesse pelo meu futebol e que entraram em contato comigo ou com meus representantes, mas, nesse momento, preciso estar 100% antes de firmar um novo compromisso e voltar a fazer o que mais amo na vida. Boa sorte ao Flamengo, a todo o grupo e à Nação Rubro-negra. Estarei sempre na torcida?, disse ele.

Gazeta Esportiva

TAGS