PUBLICIDADE
Esportes

Barbieri se preocupa com desfalques do Fla após empate no clássico

O técnico Maurício Barbieri reconheceu que terá trabalho para armar a defesa do Flamengo para a próxima partida pelo Campeonato Brasileiro, no domingo, diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte. O zagueiro Réver sofreu uma pancada no ombro direito no empate por 1 a 1 com o Vasco, enquanto Rhodolfo recebeu cartão vermelho. Já Juan se [?]

22:45 | 19/05/2018

O técnico Maurício Barbieri reconheceu que terá trabalho para armar a defesa do Flamengo para a próxima partida pelo Campeonato Brasileiro, no domingo, diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte. O zagueiro Réver sofreu uma pancada no ombro direito no empate por 1 a 1 com o Vasco, enquanto Rhodolfo recebeu cartão vermelho. Já Juan se contundiu no confronto com o Emelec e também é dúvida. A preocupação, contudo, será adiada para depois do duelo com o River Plate, em Buenos Aires, pela Copa Libertadores da América.

?Primeiro, temos o River. Depois, vamos quebrar a cabeça para montar o time?, disse Barbieri.

O treinador do Flamengo terá que lidar com outros problemas. O volante Cuéllar e o lateral esquerdo Trauco vão se apresentar às seleções da Colômbia e do Peru, respectivamente, para a disputa da Copa do Mundo. Por sua vez, o meia Diego cumprirá suspensão automática.

Sobre o empate com o Vasco, Barbieri lamentou os vacilos do Flamengo. ?Demoramos a nos arrumar em campo, e eles estavam ganhando a segunda bola. Igualaram o jogo nas bolas longas, nos escanteios?, comentou.

O técnico foi vaiado por parte da torcida por ter substituído o prata da casa Vinícius Júnior por Marlos Moreno, mas defendeu que o novato estava desgastado fisicamente. E tentou absolver o centroavante Henrique Dourado, outro alvo dos protestos.

?Precisamos conseguir encontrá-lo em melhor situação dentro da área. Não podemos transferir toda a responsabilidade para o Henrique?, defendeu Barbieri.

Gazeta Esportiva

TAGS