PUBLICIDADE
Cruzeiro
NOTÍCIA

Com retorno de Dedé, Cruzeiro inicia preparação para enfrentar Ceará; veja provável escalação

Jogo é marcado pelo retorno de Rogério Ceni ao Castelão

18:11 | 23/09/2019
Equipe mineira viaja nesta segunda e treina na terça em Fortaleza
Equipe mineira viaja nesta segunda e treina na terça em Fortaleza (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Após a quarta derrota consecutiva, desta vez para o Flamengo, no último sábado, 21, o elenco do Cruzeiro se reapresentou nesta segunda-feira, 23, na Toca da Raposa 2.

O time já começou a preparação para o duelo contra o Ceará, na próxima quarta-feira, às 19h30min, na Arena Castelão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Todos os jogadores participaram de uma atividade com bola, comandada por Rogério Ceni, ex-treinador do Fortaleza.

Dos atletas, Ceni poderá contar com o retorno do zagueiro Dedé, que não pôde atuar na última partida frente o Flamengo. Ele retorna à zaga da Raposa. Além dele, Rodriguinho também realizou seu primeiro treinamento nesta segunda-feira, mas ainda não deve ter ritmo e, portanto, não é opção. Nenhum jogador está suspenso para o confronto. As informações são do setorista do Cruzeiro para a Rádio Itatiaia, Samuel Venâncio. 

A provável escalação da Raposa para este confronto deve ser: Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson, Dodô (Thiago Neves) e Robinho; David (Ezequiel) e Pedro Rocha. O Cruzeiro viaja nesta segunda-feira ainda para a capital cearense, onde encerra sua preparação nesta terça-feira, 24. 

Contra um velho conhecido do técnico Rogério Ceni, a Raposa tentará sua primeira vitória jogando fora de casa no torneio. Até o momento, são seis derrotas e quatro empates longe de Belo Horizonte.

O Ceará é o principal rival do Fortaleza, equipe que o ex-goleiro comandou antes de chegar em Minas. Seu retrospecto contra o Vovô, porém, não é dos melhores. São duas vitórias, três empates e quatro derrotas.

Na antepenúltima colocação do Brasileirão, o Cruzeiro está na zona de rebaixamento, com 18 pontos, um a menos que o CSA, primeiro time fora da degola. (Com informações da Gazeta Esportiva)