PUBLICIDADE
Esportes

Atlético Acreano também aciona Cruzeiro na CNRD por R$ 400 mil

A situação financeira do Cruzeiro requer atenção. O clube aos poucos se afunda em dívidas e tem dificuldade para negocia-las. Após ser acionado na Câmara Nacional de Solução de Disputas (CNRD) pelo Criciúma pelo não pagamento de Ezequiel, a Raposa vive outro problema com o Atlético Acreano. A equipe acionou a agremiação mineira na Câmara [?]

11:30 | 08/01/2019

A situação financeira do Cruzeiro requer atenção. O clube aos poucos se afunda em dívidas e tem dificuldade para negocia-las. Após ser acionado na Câmara Nacional de Solução de Disputas (CNRD) pelo Criciúma pelo não pagamento de Ezequiel, a Raposa vive outro problema com o Atlético Acreano.

A equipe acionou a agremiação mineira na Câmara para cobrar o pagamento de R$ 400 mil referente ao empréstimo do meia Careca, contratado em 2017. Pela negociação, o jogador foi liberado com a promessa de pagamento, no entanto, ela não foi concluída.

Pelo Facebook, o Atlético Acreano pediu profissionalização do futebol e lamentou que o Cruzeiro tenha a postura de contratar e não pagar.

?Os tempos em que clubes ?deviam, não pagavam e agiam somente quando pudessem? estão próximos do fim. É preciso profissionalizar o futebol e os respectivos cartolas. O Cruzeiro continua contratando sem depositar valores para os respectivos clubes, dessa forma, o empréstimo do caso Careca, ganhou um novo destino: A Justiça.

Saiba detalhes e conheça mais clubes que os mineiros ainda não pagaram?, postou na página oficial.

O caso do Criciúma é parecido. A Raposa comprou o lateral e dividiu em 24 prestações. Até a gestão de Gilvan de Pinho Tavares os pagamentos de R$ 50 mil eram feitos. Com a vitória da Wagner Pires de Sá para a presidência da Raposa, os valores passaram a não ser mais depositado, algo que fez a equipe catarinense buscar solução na justiça.

Gazeta Esportiva

TAGS