Em busca da virada, Cruzeiro recebe o Boca no MineirãoCruzeiro Esporte Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Em busca da virada, Cruzeiro recebe o Boca no Mineirão

O Cruzeiro terá uma dura missão, na noite desta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. A Raposa terá de virar o placar de 2 a 0 construído pelo Boca Juniors no duelo de ida, há duas semanas, na Argentina, em confronto válido pelas quartas de final da Copa Libertadores. As outras decisões que a [?]

20:30 | 03/10/2018

O Cruzeiro terá uma dura missão, na noite desta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. A Raposa terá de virar o placar de 2 a 0 construído pelo Boca Juniors no duelo de ida, há duas semanas, na Argentina, em confronto válido pelas quartas de final da Copa Libertadores.

As outras decisões que a Raposa teve, tanto pela Libertadores, quanto pela Copa do Brasil, o time de Mano Menezes chegou a Belo Horizonte com a situação arrumada já no duelo de ida. Agora o time celeste terá de reverter à vantagem.

Há quem esteja bastante confiante dentro do elenco. O lateral Egídio, no início da semana, em entrevista a Rádio 98 FM, falou em fazer quatro gols e não sofrer nenhum. A inspiração celeste é o jogo contra a La U, quando a Raposa pressionada pelo resultado fez 7 a 0.

No entanto, por outro lado, Fábio prega a cautela e o respeito ao Boca. ?Respeitamos o Boca, pela tradição, pela história vitoriosa que tem, pela camisa. Eles têm uma boa vantagem, mas nós temos condições de tentar inverter isso aí no Mineirão, com o nosso torcedor. Tudo é resolvido em campo, não com palavras, mas com atitudes. Estamos confiantes que vamos fazer um jogo eficaz para conseguir reverter à vantagem que o Boca tem. O torcedor já viu essa equipe sair de adversidades nas competições, ano passado nos vimos isso. O torcedor sempre nos incentivou e confiou no trabalho dos jogadores e do Mano. Isso é favorável para que a gente possa tentar transformar essa confiança em um grande jogo dentro de campo?, destacou o arqueiro.

Para o duelo, o técnico Mano Menezes terá força total. O zagueiro Dedé, inclusive, foi liberado após receber um cartão vermelho injustamente no confronto de ida. Outros jogadores que o treinador celeste já confirmou foram os meias Arrascaeta e Thiago Neves. Ambos estavam com problemas físicos.

?Os dois atletas estão prontos para jogar. O quanto cada um vai jogar depende da característica de cada jogo. (?) São jogadores decisivos, importantíssimos nesse momento. Estamos felizes por contar com eles, com todos?, ressaltou.

Boca aberto

O técnico do Boca Juniors, Guillermo Barros Schelotto, apesar de ter o resultado na mão, disse que não terá seu time retrancado diante da Raposa. Ele afirmou que o estilo de sua equipe não vai mudar por causa de um resultado.

?Sempre jogamos igual. Agora temos uma vantagem. Não temos que buscar o gol, mas não vamos nos posicionar atrás e defender. Temos que nos dedicar para ganhar o jogo e ao menos não perder para nos classificarmos. Temos que entrar no campo e dar 100%. Jogar com muita atitude, buscar a classificação, apesar das mudanças no time (perdas do goleiro Andrada e do atacante Benedetto). Temos que manter a tradição, pois o Boca é sempre um clube protagonista?, salientou em entrevista a TNTSports.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X BOCA JUNIORS

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG) Data: 04 de Setembro de 2018, quinta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro:

Auxiliar: Não informados

CRUZEIRO: Fábio, Edilson, Dedé, Léo, Egídio, Henrique, Lucas Silva, Arrascaeta, Thiago Neves, Robinho, Barcos.

Técnico: Mano Menezes

BOCA ? Rossi; Buffarini, Izquierdoz, Magallán e Mas; Barrios, Nández e Pablo Pérez; Villa, Zárate e Pavón.

Técnico: Guillermo Barros Schelotto

Gazeta Esportiva

TAGS