Mano vê ?produção para vencer? do Cruzeiro e critica decisões do árbitroCruzeiro Esporte Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Mano vê ?produção para vencer? do Cruzeiro e critica decisões do árbitro

As decisões tomadas pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio no empate do Cruzeiro com o Internacional, no último domingo, foram alvo de críticas de Mano Menezes após a partida. Apesar de ter elogiado a postura de seus comandados e o número de chances criadas, o treinador da Raposa condenou a decisão da equipe de arbitragem em [?]

08:15 | 03/09/2018

As decisões tomadas pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio no empate do Cruzeiro com o Internacional, no último domingo, foram alvo de críticas de Mano Menezes após a partida. Apesar de ter elogiado a postura de seus comandados e o número de chances criadas, o treinador da Raposa condenou a decisão da equipe de arbitragem em um lance capital da partida, quando anulou o gol de Raniel no segundo tempo.

?Vejo que nosso time produziu para vencer, fez o gol para vencer. Mas, mais uma vez, como aconteceu em Salvador, como teve o pênalti claríssimo contra o Vasco aqui, e aí podemos enumerar várias situações, se repete a situação que aconteceu aqui contra o Inter. Pode olhar de novo, pode olhar por mil ângulos, não existe a falta, nem os jogadores do Internacional reclamaram. O gol foi legal e são situações que mudam a história do jogo. Quando sai na frente, você tem uma condição de administrar o jogo de outra maneira?, disse Mano.

O lance que o treinador se refere aconteceu já no segundo tempo. Após falta cobrada na área, Bruno Silva dividiu com a zaga do Internacional e a bola sobrou para Raniel, que colocou no fundo da rede. O árbitro, porém, assinalou falta de Bruno na origem da jogada, anulando o tento.

?A equipe se superou, a equipe vem de uma decisão, se entregou, fez um bom jogo, controlou praticamente todas as ações do jogo, mas só não venceu porque, mais uma vez, o árbitro errou contra a gente?, questionou o comandante da Raposa.

Terceiro pior ataque do Campeonato Brasileiro com apenas 18 gols marcados, Mano foi questionado sobre o baixo número de tentos marcados e se mostrou bastante irritado com o tema, relacionando isso aos constantes erros de arbitragem contra o Cruzeiro para justificar.

?Não teve ausência de gols, eu acho que você está com problema de visão. A gente fez o gol, é só pegar a lista dos que foram anulados irregularmente, dos pênaltis não marcados, você vai ver que vai aumentar a lista de gols. Nós não estamos reclamando de bobagens. Nós estamos reclamando de erros como esse, erros graves, que decidem um jogo, que colocam a equipe em uma outra pontuação do campeonato?, concluiu Mano Menezes.

Gazeta Esportiva

TAGS