Cruzeirenses elogiam atuação, mas lamentam ?falta de capricho?Cruzeiro Esporte Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Cruzeirenses elogiam atuação, mas lamentam ?falta de capricho?

A saída de campo dos jogadores do Cruzeiro neste domingo, após o empate com o Internacional em pleno Mineirão, foi um misto de tranquilidade pela boa atuação, mas de lamentação pelas diversas chances perdidas ao longo dos 90 minutos. Melhor no contexto geral, a Raposa viu o Colorado parar na trave, mas Marcelo Lomba ter [?]

21:30 | 02/09/2018

A saída de campo dos jogadores do Cruzeiro neste domingo, após o empate com o Internacional em pleno Mineirão, foi um misto de tranquilidade pela boa atuação, mas de lamentação pelas diversas chances perdidas ao longo dos 90 minutos. Melhor no contexto geral, a Raposa viu o Colorado parar na trave, mas Marcelo Lomba ter uma atuação decisiva para a manutenção do empate em 0 a 0.

Um dos destaques da partida, o volante Lucas Silva foi um dos que elogiou a postura do time mineiro pelas dificuldades que foram impostas e pelo nível do time do Internacional. Porém, condenou a má pontaria e a decisão do árbitro no lance capital da partida, que anulou o gol marcado por Raniel por falta de Bruno Silva na origem da jogada.

?Foi um jogo bastante duro, muito disputado, em que fizemos o nosso melhor, mas saímos apenas com o empate. Criamos boas chances, mas faltou capricho na finalização, apesar da boa partida do Lomba?, disse Lucas. ?Quanto ao gol anulado, achei que a decisão do árbitro foi precipitada. O Bruno Silva chegou por trás e não acho que teve falta, foi uma dividida normal. Eu não vi o choque que ele disse que houve, completou.

Apesar do domínio em boa parte da partida, o Cruzeiro quase foi para o intervalo em desvantagem no placar não fosse Fábio. Após ótima jogada, Jonatan Alvez ficou frente a frente com o goleiro da Raposa e encheu o pé. Antes da bola explodir no travessão, o camisa 1 teve um toque providencial para evitar que o placar fosse aberto a favor dos gaúchos.

?Jogamos bem, dominamos o jogo todo, tivemos mais oportunidades. Acho que poderíamos ter saído com a vitória?, comentou. ?Tive felicidade naquela bola, porque ela sobrou para o atacante do Inter e tive a felicidade de ter uma reação muito rápida para conseguir dar um toque e tirar ela do gol?, explicou Fábio.

Gazeta Esportiva

TAGS