Por Flamengo e rodízio, Mano deixa três titulares em BHCruzeiro Esporte Clube | Times | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Por Flamengo e rodízio, Mano deixa três titulares em BH

O Cruzeiro deve ter uma escalação bastante alterada no duelo contra o Vitória, neste domingo, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro. Isso porque o treinador Mano Menezes deixou três importantes titulares em Belo Horizonte. O goleiro Fábio, o zagueiro Dedé e o atacante Hernan Barcos nem viajam para Salvador com a delegação. Eles serão poupados pelo [?]

21:15 | 03/08/2018

O Cruzeiro deve ter uma escalação bastante alterada no duelo contra o Vitória, neste domingo, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro. Isso porque o treinador Mano Menezes deixou três importantes titulares em Belo Horizonte.

O goleiro Fábio, o zagueiro Dedé e o atacante Hernan Barcos nem viajam para Salvador com a delegação. Eles serão poupados pelo técnico azul.

?Alguns jogadores vou deixar aqui. Vou deixar Fábio, Dedé, Edilson (que está suspenso) e Barcos. Os outros todos vão viajar. E a formação da equipe nós vamos decidir a partir do treino da tarde e de amanhã. Assim, vamos estabelecer a formação inicial?, disse Mano.

O técnico Mano Menezes adotou nos últimos dias um rodízio de jogadores para ter todo mundo inteiro durante os jogos mais importantes. Além disso, na próxima quarta-feira, o Cruzeiro enfrenta o Flamengo, pela Copa Libertadores e a Raposa precisa estar descansada para a disputa.

Diante do jogo difícil, Mano ainda vai avaliar para saber com exatidão quem vai para o jogo contra o Vitória, neste domingo.

?Vamos esperar um pouco para tomar a decisão. Estamos com todo mundo bem inteiro. Os jogadores que não vão viajar é que demandam maior preocupação, pela sequência, pela característica específica de um ou outro, então temos que ter aquele planejamento para que todos estejam bem nos momentos mais importantes. Todos estão numa condição muito boa. Dentro da avaliação da fisiologia, a recuperação está boa. Isso comprova que aquilo que estamos fazendo é o certo?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS