PUBLICIDADE
Esportes

Cruzeiro faz campanha contra assédio no Carnaval

O Cruzeiro realizou uma ação contra o assédio sexual durante as festas de Carnaval. Em suas redes sociais, postou mensagens que misturam futebol e o combate ao abuso contra mulheres, como ?Não é não! Se você insistir, é gol contra?. Além disso, todos os posts contêm ?Respeito acima de tudo. Assédio é crime! Denuncie, ligue: [?]

12:15 | 13/02/2018

O Cruzeiro realizou uma ação contra o assédio sexual durante as festas de Carnaval. Em suas redes sociais, postou mensagens que misturam futebol e o combate ao abuso contra mulheres, como ?Não é não! Se você insistir, é gol contra?. Além disso, todos os posts contêm ?Respeito acima de tudo. Assédio é crime! Denuncie, ligue: 180?.

Além disso, a Raposa também publicou vídeos com o meia Robinho e o volante Lucas Romero reforçando o recado. Não foi a primeira vez que o clube mineiro abraçou uma causa como esta.

No ano passado, no Dia das Mulheres (8 de março), os jogadores entraram em campo vestindo camisas com números que iam direto à raiz do problema: a cada duas horas, uma mulher era morta no Brasil ou o quinto país em taxa de feminicídio, por exemplo. Esta iniciativa, chamada #VamosMudarOsNúmeros, ganhou o Leão de Bronze, em Cannes, na categoria ?Meios de Comunicação?.

Gazeta Esportiva

TAGS