PUBLICIDADE
Esportes

Ex-Cruzeirense, veterano de 40 anos quer encerrar a carreira jogando com a camisa azul

O ex-atacante Fábio Júnior não encerrou a carreira ainda. Pelo menos é o que ele mostra. O jogador pediu ao Cruzeiro para pendurar as chuteiras se despedindo com a camisa da Raposa, jogando o Campeonato Mineiro 2018. ?É um desejo meu. Eu tenho muita vontade de encerrar a carreira no Cruzeiro, de ter a oportunidade [?]

11:30 | 01/12/2017

O ex-atacante Fábio Júnior não encerrou a carreira ainda. Pelo menos é o que ele mostra. O jogador pediu ao Cruzeiro para pendurar as chuteiras se despedindo com a camisa da Raposa, jogando o Campeonato Mineiro 2018.

?É um desejo meu. Eu tenho muita vontade de encerrar a carreira no Cruzeiro, de ter a oportunidade de jogar no Cruzeiro. Nem que seja o Estadual. É um clube que tenho um carinho especial, os torcedores gostam, os torcedores me vêem em forma, sempre questionam porque não volto aos campos?, destacou o atacante em entrevista ao site Superesportes.

Fábio Júnior disse que já procurou o clube mineiro para conversar. Com o atual presidente, Gilvan de Pinho Tavares, o diálogo não evoluiu. Agora, o atacante já falou também com a diretoria que vai assumir o clube em janeiro e aguarda ainda o retorno.

?Procurei algumas vezes conversar com o Cruzeiro, procurei o Gilvan, a administração atual, mas o clube disputava várias competições e ficou difícil, não me passaram posição. E eu já deixo claro, não tem nada a ver questão financeira, nem chegamos a conversar sobre isso, mas é esse desejo de vestir a camisa mesmo. Já conversei com quem vai assumir e voltei a mostrar essa minha vontade. O clube vive um momento complicado, mas estou aguardando uma posição?, salientou.

Fábio Júnior tem 40 anos. Ele já vestiu a camisa dos três grandes de Belo Horizonte, mas foi no Cruzeiro que fez sucesso. Em 1997 ele foi revelado e em 99 foi vendido para o Roma-ITA, por 15 milhões de dólares, uma das maiores transferências da história azul.

Gazeta Esportiva

TAGS