PUBLICIDADE
Esportes

Vagner Love admite proposta do Corinthians e detona Besiktas

Vagner Love ainda não saiu do radar do Corinthians, mas, o clube paulista segue no aguardo do atacante resolver suas questões junto ao Besiktas. Nesse domingo, o jogador concedeu uma entrevista e não poupou críticas ao clube turco, além de admitir a proposta corintiana para voltar ao Brasil. ?É o único que me procurou. É [?]

13:30 | 13/01/2019

Vagner Love ainda não saiu do radar do Corinthians, mas, o clube paulista segue no aguardo do atacante resolver suas questões junto ao Besiktas. Nesse domingo, o jogador concedeu uma entrevista e não poupou críticas ao clube turco, além de admitir a proposta corintiana para voltar ao Brasil.

â??Ã? o único que me procurou. Ã? um clube que eu tenho um carinho muito grande, 2015 foi muito bom para mim, fui campeão brasileiro, vice-artilheiro do campeonato. Eu tenho um carinho muito grande. Com certeza vai estar brigando por títulos esse ano, e se acontecer de eu voltar para o Brasil, eu vou querer jogar em um time que dispute títulos, que vá te dar uma condição legal de trabalho, e hoje o clube tem tudo issoâ?, comentou, à Rádio Bandeirantes.

O Besiktas deve salários a Love e o rebaixou ao time Sub-21 recentemente. Apesar da pressão dos turcos para que o brasileiro rescinda o contrato, Vagner Love não está disposto a abrir mão do que tem a receber.

â??Está devendo cinco meses. Agora, dia 31, vai para o sexto mês, e não tem previsão de pagamento. Eles não chamam para negociar a dívida. Me colocaram para treinar afastado, enfimâ?¦ Eu tenho mais um ano e meio de contrato aqui, e eu estou bem tranquilo, graças a Deus. Mandam treinar, eu vou lá e treino. Eu estou bem tranquilo, porque a Fifa dá proteção. Se eles não pagarem, daqui a um tempo é só acioná-los na Fifa, que eu tenho certeza que a Fifa vai me dar o direito de seguir trabalhando em outro lugarâ?, disse, antes de revelar uma conversa particular com Å?enol GüneÅ?, técnico do time.

â??O treinador falou que tem preferência por outros jogadores. E eu vim para cá achando que ia conseguir encaixar. Como eu jogava em outro time aqui na Turquia (no Alanyaspor), fui artilheiro do Campeonato Turco na temporada 2016/17, e em 2018 eu vim para o Besiktas, então achei que também daria tudo certo, mas infelizmente as coisas não aconteceram da maneira que eu pensavaâ?, continuou.

â??O treinador, agora, antes de terminar a temporada, falou que não contava comigo e que era para eu arrumar outro clube para ir. Só que o Besiktas me deve cinco meses. E aí eu falei: â??se vocês me pagarem o que me devem, vou seguir minha vidaâ??. Acho que qualquer clube no mundo, quando não quer um jogador, é isso que eles faz. Infelizmente, isso não está acontecendo aqui. Ã? até um pouco de falta de caráter da parte deles, o que eles estão fazendo comigo. Mas eu estou com a cabeça tranquilaâ?, concluiu.

A dívida do Besiktas com Vagner Love é de cerca de R$ 13 milhões e o Corinthians já avisou que não entrará nessa briga. O Timão deixou as portas abertas ao atacante, desde que ele, sozinho, chegue a um acordo para se transferir.

A comissão técnica entende que o reforço de 34 anos pode ser útil, inclusive jogando ao lado de Mauro Boselli, esse sim contratado para ser o centroavante da equipe.

 

Gazeta Esportiva

TAGS