PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians tenta, mas logo desiste de trazer Romarinho de volta

O Corinthians parece insaciável na atual janela de transferência. Além dos oito reforços já contratados, da reformulação na comissão técnica e das negociações avançadas por Guilherme Arana, Vagner Love e Luan, o Timão também agiu para repatriar Romarinho. A notícia do interesse alvinegro no atacante partiu de Neto, no programa ?Os Donos da Bola?, da [?]

20:30 | 21/01/2019

O Corinthians parece insaciável na atual janela de transferência. Além dos oito reforços já contratados, da reformulação na comissão técnica e das negociações avançadas por Guilherme Arana, Vagner Love e Luan, o Timão também agiu para repatriar Romarinho.

A notícia do interesse alvinegro no atacante partiu de Neto, no programa ?Os Donos da Bola?, da Band, e foi confirmada pela Gazeta Esportiva. Mas, segundo apuração da reportagem, no momento não há possibilidade de Romarinho voltar a vestir a camisa corintiana.

O clube do Parque São Jorge sequer enviou proposta ao Al Ittihad, da Arábia Saudita. Ao consultar as condições para tal transação, os dirigentes brasileiros perceberam que não havia maneira de arcar com o salário do atleta, que além de estar muito valorizado, é ídolo da sua equipe e não pretende deixar o país asiático, tamanha satisfação que tem sua família em morar por lá.

Romarinho tem nove gols em 21 partidas nessa temporada, que segue o calendário europeu, com os campeonatos iniciando na metade do ano. Antes de chegar ao Al Ittihad, Romarinho fez 17 gols em 42 jogos pelo Al Jazira, do Emirados Árabes Unidos, mas sua melhor fase aconteceu entre 2014 e 2017, quando o ídolo da Fiel anotou 62 gols em 102 atuações pelo El Jaish, do Catar.

Hoje com 28 anos, Romarinho entrou para a história do Corinthians ao marcar o gol que garantiu o empate alvinegro no primeiro jogo da final da Copa Libertadores da América, em 2012, dentro da Bombonera, diante do Boca Juniors.

Foram três temporadas com o Timão e quatro taças. Além do principal torneio do continente, Romarinho foi campeão Mundial e da Recopa Sul-Americana e do Paulistão, esses dois últimos em 2013.

Seus cinco gols em cinco clássicos com o Palmeiras também lhe renderam a fama de carrasco do arquirrival, algo que aumentou ainda mais sua identificação com os torcedores do Corinthians.

Gazeta Esportiva

TAGS