Ralf desabafa sobre nova expulsão e Fagner cobra ?cara a tapa?Sport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ralf desabafa sobre nova expulsão e Fagner cobra ?cara a tapa?

O Corinthians perdeu para o Cruzeiro nessa quarta-feira e se manteve pressionado pela zona de rebaixamento. A situação é complicada e tensa. Na saída de campo, no Mineirão, Ralf desabafou e não escondeu sua irritação pelo fato do time ter tido um jogador expulso ainda no primeiro tempo pela segunda partida seguida. ?Não é de [?]

23:15 | 14/11/2018

O Corinthians perdeu para o Cruzeiro nessa quarta-feira e se manteve pressionado pela zona de rebaixamento. A situação é complicada e tensa. Na saída de campo, no Mineirão, Ralf desabafou e não escondeu sua irritação pelo fato do time ter tido um jogador expulso ainda no primeiro tempo pela segunda partida seguida.

?Não é de crucificar ninguém, mas de novo com uma menos fica difícil. Eu sempre falo que com 11 já é difícil, com dez pior ainda. Mas temos de melhorar, sair dessa zona o mais rápido possível. Hoje começamos abaixo, tomamos o gol, e aí fica difícil?, esbravejou o volante à TV Globo.

Depois de Araos receber o cartão vermelho no último lance antes do intervalo no clássico com o São Paulo, sábado passado, dessa vez foi a vez de Douglas, jogador da mesma posição, repetir o erro, ao levar dois cartões em menos de dois minutos, também pouco antes do fim da etapa inicial.

?Eles (torcedores) têm de continuar acreditando. A gente depende deles. Hoje foi uma grande noite do Fábio, agora é descansar para sair dessa zona o mais rápido possível?, concluiu Ralf, ao Sportv, que ainda citou a falta de eficiência no ataque pela má fase da equipe na temporada.

Outro atleta visto como líder do grupo, Fagner repetiu seu companheiro no tom forte das declarações antes de seguir para o vestiário.

?A gente sabe que não pode perder ponto. Ainda mais pela situação da tabela. É difícil. Mais um jogo com um a menos um tempo inteiro. Mesmo assim, criamos situações, o Fábio fez defesas? Agora é ter hombridade, coragem. A gente sabe que no Corinthians o momento é bom é incrível, mas no momento ruim tem que dar a cara a tapa?, afirmou o lateral.

?Falta de entrega não está faltando, falta de trabalho também não. No futebol às vezes a bola não entra, bate na trave, e uma dividida entre dois jogadores nossos sobra para o adversário. A gente sabe que o torcedor vai estar do nosso lado, e juntos somos mais fortes?, encerrou Fagner.

 

Gazeta Esportiva

TAGS