Corinthians termina 2018 com seu pior aproveitamento na ArenaSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Corinthians termina 2018 com seu pior aproveitamento na Arena

Desde que foi inaugurada, em 2014, a Arena de Itaquera tem desempenhado um papel fundamental e servido de amuleto ao Corinthians para caminhadas de sucesso rumo aos títulos e até mesmo a manutenção na elite, como na atual temporada. Entretanto, 2018 não foi apenas de alegrias quando diz respeito à casa Alvinegra, já que, com o [?]

06:15 | 30/11/2018

Desde que foi inaugurada, em 2014, a Arena de Itaquera tem desempenhado um papel fundamental e servido de amuleto ao Corinthians para caminhadas de sucesso rumo aos títulos e até mesmo a manutenção na elite, como na atual temporada. Entretanto, 2018 não foi apenas de alegrias quando diz respeito à casa Alvinegra, já que, com o empate diante da Chapecoense, o Timão confirmou seu pior aproveitamento dentro de seus domínios.

A relação do Corinthians com a Arena, inclusive, se desenhou dúbia ao longo do ano. Isso porque, ao mesmo tempo em que o time teve apenas 62,8% de aproveitamento, encontrou em sua casa a força suficiente para afastar de vez qualquer risco de descenso no Campeonato Brasileiro. Prova disso é a pontuação conquistada dentro de Itaquera, já que 35 dos 44 pontos até aqui vieram de jogos com a Fiel a favor.

Levando em consideração toda a temporada, o Timão realizou 35 jogos na Arena, dos quais venceu 19, empatou nove e perdeu outros sete. O número de derrotas, aliás, é uma marca negativa, já que nos outros anos o time alvinegro jamais foi derrotado mais que três vezes sob seus domínios em um único ano. Em 156 jogos desde a inauguração, são apenas 16 reveses.

O melhor aproveitamento do Corinthians em sua casa aconteceu em 2015. Nos mesmos 35 jogos que foram disputados na atual temporada, o Alvinegro venceu 26, empatou seis e perdeu apenas três. No ano passado, o de piores números até o desempenho de 2018, o time comandado na época por Fábio Carille, que pode retornar do futebol árabe para assumir o clube do Parque São Jorge, teve 69,6% de aproveitamento, com 20 triunfos e três derrotas.

Jair assegura pior aproveitamento de um treinador da história da Arena

Sem perspectiva de continuidade para 2019 por conta do mau desempenho do time e pela possibilidade do retorno de Carille, Jair Ventura deve deixar o Corinthians com uma marca negativa em seu trabalho: o de comandante com pior aproveitamento no período em que Itaquera se tornou a casa do clube. Ao todo, somando partidas dentro e fora de seus domínios, o treinador esteve à frente do Timão em 18 jogos, com quatro triunfos, seis empates e oito derrotas no currículo.

Quando o recorte se limita apenas aos jogos na Arena, a situação fica ainda mais complicada para o atual comandante Alvinegro, pois o aproveitamento é de apenas 55,5%. Com mais jogos à frente do clube, Tite e Mano Menezes, por exemplo, deixaram o Parque São Jorge com desempenhos acima dos 70%. No caso do técnico da Seleção Brasileira, 83,01% dos pontos foram conquistados, enquanto o treinador do Cruzeiro, em 2014, fez valer 75,92% dos pontos.

Com o empate contra a Chapecoense conquistado no último domingo, na despedida de Itaquera em 2018, Jair também assegurou a condição de único treinador na era da Arena a ter aproveitamento inferior a 60%. Fábio Carille, que pode ser seu substituto em 2019 caso as conversas para o retorno avancem, teve 69,28%. Já Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira tiveram 66,66%. Osmar Loss, antecessor de Ventura, findou sua passagem com 61,90% dos pontos disputados.

Confira os aproveitamentos do Corinthians na Arena de Itaquera:

2014: 18 jogos, 12 vitórias, 5 empates e uma derrota, com 75,9% de aproveitamento

2015: 35 jogos, 26 vitórias, 6 empates e 3 derrotas, com 80% de aproveitamento

2016: 34 jogos, 24 vitórias, 8 empates e duas derrotas, com 78,4% de aproveitamento

2017: 34 jogos, 20 vitórias, 11 empates e 3 derrotas, com 69,6% de aproveitamento

2018: 35 jogos, 19 vitórias, 9 empates e 7 derrotas, com 62,8% de aproveitamento

Gazeta Esportiva

TAGS