Léo Santos recebe apoio após falhas e ganha exemplos no CorinthiansSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Léo Santos recebe apoio após falhas e ganha exemplos no Corinthians

O zagueiro Léo Santos voltou a aparecer no gramado na tarde da sexta-feira e iniciou um processo visto como natural dentro do Corinthians. Dois dias depois de errar nos gols do Cruzeiro, que causaram a derrota na final da Copa do Brasil e uma série de outros prejuízos na parte financeira ao Alvinegra, o defensor [?]

07:30 | 20/10/2018

O zagueiro Léo Santos voltou a aparecer no gramado na tarde da sexta-feira e iniciou um processo visto como natural dentro do Corinthians. Dois dias depois de errar nos gols do Cruzeiro, que causaram a derrota na final da Copa do Brasil e uma série de outros prejuízos na parte financeira ao Alvinegra, o defensor recebeu apoio direto dos companheiros e mirou exemplos para saber como se recuperar do mau momento.

?Acho que, primeiro, quando a gente perdeu, perdeu todo mundo. De repente poderia ter feito isso, aquilo, não adianta. Foi um jogo de 180 minutos e perdemos as metades?, resumiu o goleiro Cássio, que disse já ter passado por uma situação semelhante quando estava no PSV, da Holanda.

De acordo com o arqueiro, sem atuar durante muito tempo na Europa, ele não baixou a cabeça e seguiu treinando normalmente. No Corinthians, os exemplos são diversos. Guilherme Arana e Maycon, por exemplo, perderam pênaltis na queda na Copa do Brasil do ano passado, contra o Inter. Ambos hoje estão na Europa e foram peças importantes dos títulos recentes.

?Não só para o Léo Santos, mas para todos os jovens. Tem que tentar evoluir nas coisas positivas e negativas. Tem que continuar trabalhando, se esforçando e fazendo o melhor para ajudar o clube?, disse o arqueiro fazendo uma análise própria dos tentos marcados por Robinho e Arrascaeta.

No primeiro, Léo tentou salvar inversão de jogo de Romero, mas deixou a bola limpa para Rafinha, que iniciou a jogada de abertura do placar. No segundo, o defensor não conseguiu o corte no lançamento para Raniel e, em vez de acompanhar Arrascaeta, tentou dobrar a marcação com Ralf, deixando o uruguaio livre. ?Acho que nós tivemos um erro coletivo, não vejo um ou outro culpado. Todos nós?, assegurou Cássio.

Na manhã deste sábado o Alvinegro dará continuidade à sua preparação para encarar o Vitória, no domingo, às 16h (de Brasília), no Barradão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, em atividade fechada à presença da imprensa. O elenco viaja à tarde para Salvador, local do duelo de domingo. Com 35 pontos conquistados até o momento, o Timão está apenas quatro acima da zona de rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro, que se inicia no Ceará.

Gazeta Esportiva

TAGS