Jair fala em ?blindar? vestiário e diz que explicará estratégia após o jogoSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Jair fala em ?blindar? vestiário e diz que explicará estratégia após o jogo

O técnico Jair Ventura começou sua trajetória no Corinthians em um clássico contra o Palmeiras e agora terá pela frente a partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no estádio do Maracanã. Em um clima conturbado por causa da escalação de Fagner, contestada pelo rival e defendida pela diretoria alvinegra, [?]

18:45 | 11/09/2018

O técnico Jair Ventura começou sua trajetória no Corinthians em um clássico contra o Palmeiras e agora terá pela frente a partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no estádio do Maracanã. Em um clima conturbado por causa da escalação de Fagner, contestada pelo rival e defendida pela diretoria alvinegra, o treinador disse que tentará ?blindar? a equipe das polêmicas.

?A gente tenta blindar o vestiário para não chegar. Não é minha função, temos uma responsabilidade grande, deixo para resolver quem pode resolver. Tenho trabalho em campo. Quanto menos a gente falar, melhor é. É como o telefone sem fio, quanto mais se fala, maior fica o assunto?, disse, esclarecendo que sua busca será mais na parte tática e técnica do que na emocional.

?A gente busca não falar disso, pensar na bola e no campo, fazer o nosso melhor e deixar nossa parte em campo. Eu procuro sempre fugir de polêmicas, de extra-campo, arbitragem, isso, aquilo. O treinador já tem uma responsabilidade muito grande?, continuou Jair, pedindo para explicar sua estratégia da partida apenas após o embate.

?Pode ter mudanças, sim, o que que eu vou fazer, mudanças, como joga, vou falar depois do jogo. Vai ser o maior prazer falar depois do jogo. Assim que terminar o primeiro jogo eu vou explicar o objetivo e o por que de mudar essas situações?, avaliou, explicando essa opção. ?Se eu falar, estarei entregando qual é a estratégia e o treino. Depois do jogo eu explico?, reiterou.

A única coisa que Jair confirmou foi a presença de Fagner, mesmo que não esteja 100% recuperado do estiramento muscular na coxa esquerda. De acordo com o comandante, o defensor vai a campo porque o duelo exige um esforço acima do normal para os jogadores.

?Ele vinha numa situação de transição, trabalhando forte no departamento médico. Ontem (segunda) fez o primeiro treino com o grupo, teve boa resposta, hoje (terça) também. Como se trata de um jogo decisivo, atletas vão as vezes até com lesão, grau 1, edema, jogos decisivos porque sabem da importância. Fico feliz, atleta muito importante, que faça um grande jogo e suporte essa pequena dor caso tenha, que suporte 90 minutos e que possa nos ajudar?, concluiu.

 

Gazeta Esportiva

TAGS