?Muito técnico?, Léo Santos ganha espaço em Corinthians mais versátilSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


?Muito técnico?, Léo Santos ganha espaço em Corinthians mais versátil

O zagueiro Léo Santos pode aparecer entre os titulares do meio-campo Corinthians no jogo desta quarta-feira, contra a Chapecoense, às 21h45 (de Brasília), pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. Visto como alternativa para a ausência de nomes da posição, o defensor passa por um treinamento para aproveitar sua técnica acima da [?]

07:45 | 01/08/2018

O zagueiro Léo Santos pode aparecer entre os titulares do meio-campo Corinthians no jogo desta quarta-feira, contra a Chapecoense, às 21h45 (de Brasília), pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. Visto como alternativa para a ausência de nomes da posição, o defensor passa por um treinamento para aproveitar sua técnica acima da média na avaliação de Osmar Loss e ganhar mais versatilidade.

?Meu pensamento não é transformar o Léo em volante, ele é zagueiro, nossa primeira opção. Mas ele tem uma qualidade técnica muito elevada?, começou a explicar o técnico corintiano, que treinou o atleta no setor nesta terça-feira devido ao desgaste físico de Gabriel, poupado para trabalhar na academia. Sem outros nomes da posição, Loss vê em Léo uma boa possibilidade no setor.

?O Ralf está sem condição ainda, Paulo Roberto com problemas também. Nós usamos ele em poucos momentos e ele nos deu construção ofensiva, poder de marcação e qualidade para sair jogando. Não temos decréscimo na parte técnica. Se tivéssemos, não testaria?, explicou Loss.

Uma das maiores promessas defensivas das categorias de base do Timão, Léo foi atleta de Loss entre 2015 e 2016, subindo para o elenco profissional no segundo semestre daquele ano. Seu aproveitamento em outro setor, algo realizado no amistoso contra o Cruzeiro, durante a parada da Copa do Mundo, e na goleada contra o Vasco, no último domingo, segue uma linha adotada para todo o elenco.

?Não importa os números desenhados. Posso desenhar duas linhas de quatro, mas ficar com três zagueiros na fase defensiva. Aí é o que? 3-5-2? O importante é que os jogadores tenham a mobilidade para saber onde estar nas fases defensiva e ofensiva. E consigam entender bem a função que devem fazer em cada posição?, concluiu Loss.

Gazeta Esportiva

TAGS