Fagner repete Loss e não descarta briga pelo BrasileiroSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Fagner repete Loss e não descarta briga pelo Brasileiro

Fagner confia em uma reação do Timão no Brasileiro

08:00 | 14/08/2018

Atual campeão brasileiro, o Corinthians está cada vez mais distante da ponta da tabela de classificação da edição deste ano do campeonato. A derrota por 2 a 1 para a Chapecoense, no domingo, na Arena Condá, fez o time ficar a 12 pontos de distância (38 a 26) do líder São Paulo, que superou o Sport por 3 a 1 no mesmo dia. Mesmo ciente da situação, o técnico Osmar Loss mostrou confiança em uma reação no segundo turno, em discurso endossado pelo lateral direito Fagner.

?A gente ainda está no primeiro turno?, contrapôs Loss. ?É claro que os resultados se somam e acabamos ficando mais distantes, mas ainda temos todo um turno para jogar e alcançar o objetivo de estar no bloco de cima do Brasileiro?, acrescentou o comandante após o duelo em Chapecó, em discurso ressonante no elenco.

?A gente sabe ainda que o Brasileiro vai entrar, estamos a um jogo do final do primeiro turno, tem o segundo turno para a gente buscar e tentar a melhor colocação. A gente pensa no jogo de quarta, depois no sábado, e assim por diante. É descansar bem e estar bem preparado para quarta?, explicou o defensor, lembrando do duelo que a equipe tem pela frente, na noite da quarta-feira, também contra a Chape, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Por ter vencido a primeira partida, na Arena Corinthians, o Timão precisa apenas de um empate na Arena Condá para assegurar vaga na semifinal. Qualquer vitória por um gol do adversário leva a decisão para os pênaltis, independentemente do número de gols marcados fora de casa.

?Sem dúvida (que o jogo de quarta é mais importante), até porque a gente fazendo um grande jogo na quarta nos coloca numa semifinal de Copa do Brasil. Sabemos da importância do jogo?, assegurou Fagner, que vê o Timão competente o bastante para não precisar priorizar competições.

?O elenco tem que se qualificado por isso. A gente sabe das três competições, da dificuldade que é. Ontem tivemos um time com alguns que não estavam jogando, a gente sabe que precisa de todo mundo e todo mundo tem que estar preparado. As viagens são bem cansativas?, concluiu.

 

Gazeta Esportiva

TAGS